Resenha - Filme - Protegida por um anjo, 2006

Título Original: Half Light
Título: Protegida por um anjo
Gênero: Suspense
Ano de Lançamento: 2006
País de Origem: Alemanha, Inglaterra
Direção: Craig Rosenberg
Duração: 100 min
Elenco: Demi Moore, Nichola Bee, Therese Bradley, James Cosmo e outros.
Adicione ao Filmow

Sinopse:
Rachel Carlson (Demi Moore) é uma famosa escritora de livros de mistério que fica arrasada quando Thomas (Beans El-Balawi), seu filho de 7 anos, morre afogado em sua casa em Primrose Hill. Um ano após o acidente ela ainda se sente sem condições de voltar a escrever, apesar de ter recebido um adiantamento de sua editora como forma de incentivo. O casamento dela com Brian (Henry Ian Cusick) também não anda bem, o que faz com que sua amiga Sharon (Kate Isitt) alugue uma cabana em uma pequena e remota vila, para que Rachel possa relaxar. Ela aceita a oferta e aos poucos se adapta à tranquilidade do lugar. Lá Rachel também se envolve com Angus McCulloch (Hans Matheson), um faroleiro que trabalha e mora em uma ilha deserta próxima à vila. Quando Rachel enfim acredita que possa retornar à sua vida normal ela passa a receber estranhas e ameaçadoras mensagens, supostamente enviadas por seu filho, avisando-a de que corre perigo. Sem saber se as mensagens são reais ou fruto de sua imaginação, ela começa a acreditar que está enlouquecendo.

Resenha:
Demi Moore interpreta uma escritora chamada Rachel Carson, que passa por uma fase difícil depois da perda trágica de seu único filho. Com o casamento abalado, Rachel aluga uma casa em uma ilha isolada, mas mesmo diante de uma linda paisagem e toda a calma e tranquilidade do local, Rachel não consegue escrever seu livro.
Conhece então um rapaz sorridente (até demais) e cativante que mora no farol e sua vida começa finalmente a voltar um pouco ao normal. Mas coisas estranhas começam a acontecer colocando em dúvida tudo o que ela está vivendo...

O filme é legalzinho, bem no estilo daqueles filmes que passam (ou passavam, não sei mais) no supercine de sábado na globo, mas no todo é fraco, bem previsível e sem grandes atuações. O diretor marca demais os acontecimentos e nos mostra exatamente o que ele quer fazer, deixando praticamente nada para a nossa imaginação. As cenas de suspense são medianas e não assustam em nada.
O final é meia boca, dá aquela sensação que o filme já acabou, mas o diretor ainda quer continuar e estender o que já acabou.






Avaliação:

4 comentários:

  1. Eu e minha mãe adoramos esse filme :D Sempre que passa, eu a chamo pra assistir, o mesmo vale pra AI-Inteligência Artificial :D

    ResponderExcluir
  2. Muito Bom..
    Assisti a mais de 5 anos atrás e estava tentando lembrar..
    Quero rever novamente. .
    Esta escasso esses filmes verdadeiramente ocorre em fatos reais..

    ResponderExcluir
  3. Muito Bom..
    Assisti a mais de 5 anos atrás e estava tentando lembrar..
    Quero rever novamente. .
    Esta escasso esses filmes verdadeiramente ocorre em fatos reais..

    ResponderExcluir