Resenha – Filhos do Fim do Mundo, de Fábio M. Barreto

Filhos do Fim do MundoTítulo: Filhos do Fim do Mundo
Autor: Fábio M. Barreto  
Editora: Fantasy – Casa da Palavra
Páginas: 288
Adicione ao Skoob

Sinopse:
Na data marcada para o fim do mundo, todas as crianças nascidas nos últimos 12 meses morrem misteriosamente. Um repórter que cobria os preparativos para o “evento”, deixa sua esposa grávida em casa, partindo para uma perigosa missão investigativa, onde descobre que terá de enfrentar grandes desafios para proteger aqueles que ama. Em Filhos do Fim do Mundo, acompanhamos a saga de um repórter tentando se equilibrar entre sua função de pai e jornalista em meio ao apocalipse. As catástrofes externas se misturam com a tensão psicológica do personagem em um envolvente romance que vai encantar os amantes de ficção.





Banner Resenha - Filhos do Fim do Mundo

O relógio marcava meia-noite e cinco minutos do dia 21 de dezembro de 2012 e crianças começam a morrer em todo o planeta e ninguém sabe ainda o motivo. Como se não bastasse, plantas e animais também estão morrendo em todos os locais.
As pessoas estão em pânico, muitos perderam seus filhos, todos estão fragilizados e assustados, o risco de escassez é evidente.

"Sua mulher e a enfermeira gritavam a mesma coisa.
Seu filho estava morto.
Todas as crianças da maternidade estavam mortas. Todas.
Atrás dele, o relógio marcava meia-noite e cinco minutos. A luz verde do calendário eletrônico brilhava com ar fúnebre. Eram os primeiros minutos do fim do mundo."
(pág. 14)

Um plano mundial de emergência foi posto em prática: telefones e internet bloqueados, televisores com as mesmas reportagens da hora anterior, filas gigantes em frente aos supermercados, bancos fechados, exército na rua. As pessoas estavam revoltadas, querem uma explicação! A confusão está estabelecida e pela primeira vez em séculos o dinheiro não vale nada!
A população está desesperada e está disposta a tudo para descobrir a verdade.
Seria realmente o fim de tudo? Como reagir em um momento de caos como esse?

Banner Resenha - Post

O Repórter, personagem central da trama, cobre os acontecimentos e acompanha de perto toda a tragédia que assola o mundo, tentando correr contra o tempo para descobrir o que realmente está acontecendo. Como sua esposa está grávida e o nascimento do seu filho está próximo, ele também quer descobrir o que causou tudo isso e, quem sabe, salvar a vida do seu filho que está para nascer, assim como a vida de outras crianças. 

Uma interessante ficção que se desenvolve de forma rápida e intensa, onde observamos o ser humano em seu pior momento, lutando pela sobrevivência, sem pensar nas consequências dos seus atos e de suas palavras. O curioso nessa  trama é que os personagens não possuem nomes, eles são apenas: o Repórter, o Governador, o Blogueiro, o Major e muitos outros, mas em nenhum momento isso atrapalha a leitura.

Durante a leitura, a história me fez lembrar dos filmes: Filhos da Esperança (Children of Men), O Nevoeiro (The Mist) e Contágio (Contagion).

Vamos falar um pouco da parte técnica do livro?
A capa combina com o tema do livro e as letras do título possuem uma aplicação de verniz e um sutil alto relevo. Nas orelhas do livro, temos uma breve sinopse e um pouco sobre o autor. A diagramação é simples e bem cuidada, as páginas são creme o que suaviza a leitura e não cansa os olhos. A fonte possui um tamanho bom e as margens são adequadas.
O livro possui 288 páginas divididas em 06 capítulos, além da apresentação, prefácio, prólogo, agradecimentos e epílogo.


Avaliação: 
4 estrelas

Fábio M. BarretoSobre o autor: Fábio M. Barreto é escritor, jornalista e cineasta. Criado nas redações de O Estado de S. Paulo e Jornal da Tarde, dedicou a carreira à indústria do entretenimento. Trabalhou e publicou conteúdo em grandes veículos de imprensa como Sci-fi News, CNN e Brainstorm #9. Entrevistou grandes nomes da indústria de Hollywood, de J.J. Abrams a Neil Gaiman, e foi responsável pela criação de JediCon e do SOS Hollywood. Nerd de carteirinha e especialista em ficção científica, hoje é membro de um dos podcasts de cultura pop mais famosos da internet brasileira, o RapaduraCast. Atualmente, vive em Los Angeles, Califórnia.

36 comentários:

  1. Me indicaram esse livro. Você gostou? Vou ver se compro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei uma ótima ficção, vale a pena ler ;)

      Excluir
  2. Demais esse livro, como eu ainda não conhecia ele?! Amei a sua resenha e vou comprar esse livro rapidinho, gosto muito de história de ficção apocalípicas assim.
    Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou da resenha!
      Se você gosta de ficção com certeza você vai gostar desse livro ;)

      Excluir
  3. Já vi a capa em outros blogs, só que nunca tinha parado para ler a sinopse e chamou minha atenção, parece ser um ótimo suspense, investigação de tirar o folego. A capa lembra a do S. King. É ótimo ver cada vez mais resenhas e publicações de autores nacionais, assim podemos ver que os livros nacionais são ótimos do mesmo modo que os estrangeiros.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol
      É por aí mesmo, você captou bem a ideia da trama, algo meio S King ;) Bem legal

      Excluir
  4. Que legal esse livro, eu vi o filme O nevoeiro e adorei, acho que deu para pescar bem a trama do livro pela sua resenha!
    Excelente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla
      Se você gostou da ideia do filme do Nevoeiro, então vai curti o livro do Fábio ;)

      Excluir
  5. Um livro que eu não conhecia... Por sua resenha, dá para perceber que ele é bem diferente, um tipo de distopia. Confesso que por mais interessante que ele me pareça, não faz muito o meu estilo de leitura, mas mesmo assim vlw pela dica. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lia,
      Agora você já conhece o livro e se depois resolver ler uma ficção bem legal, aposte nele ;)

      Excluir
  6. Nossa, que dica legal, gosto muito de ficção e fiquei em embolvida pela trama, cheguei a ficar arrepiada lendo a sua resenha.
    Quero ler esse livro
    bjs ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, tem momentos de arrepiar mesmo ;)

      Excluir
  7. Gostei da resenha Renata. Filhos do Fim do Mundo parece ser bem interessante e essa temática apocalíptica é no mínimo curiosa. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma temática bem curiosa e diferente,vale a pena ;)

      Excluir
  8. Sua resenha está perfeita e adorei a temática do livro, deve ser bem curioso os personagens não terem nomes... quero ler esse livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei diferente os personagens não terem nomes próprios, mas não atrapalhou a leitura ;)

      Excluir
  9. Oi Rê! Gostei do livro, achei a abordagem do autor bem diferente e criativa. Os personagens não terem nomes foi outro fator que apreciei bastante.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida,
      Achei bem diferente também os personagens não terem nomes próprios :)

      Excluir
  10. Hum...já tinha visto outras resenhas desse livro e gostei demais! Eu queroooooooooo muito ler. Quando fala de repórteres eu amo.Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Repórter é o principal personagem da trama, você vai gostar :)

      Excluir
  11. Interessante, uma história que não nos sentimos presos a um personagem e sim a todos, justamente por não nomear ninguém. Tornou tudo mais interessante mesmo!!
    A trama já é boa por sim só, e todo o conteúdo aqui contado engrandece a obra.

    Parabéns pela resenha!
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ni,
      Exatamente, você captou a ideia central do livro :)

      Excluir
  12. Não conheço o livro jogador nº1 mas que bom que você gostou das casas!

    ____________

    Não é um livro que me interessa, mas com certeza deixa uma curiosidade no ar, se alguém me contasse sobre lógico que eu iria querer saber mais e mais!

    Beijos!

    http://pamlepletier.blogspot.com.br/

    Também estamos no facebook agora, se curtir, curto de volta!
    https://www.facebook.com/BlogForeverYourself

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No jogador n1 ele fala exatamente sobre isso, só que é com trailer

      Excluir
  13. Quando fui lendo a resenha já fui imaginando o filme. Nossa gostei muito desse tema e do enredo. O livro deve ser muito bom.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também imaginei um filme e muito bom por sinal :)

      Excluir
  14. Achei meio estranho os personagens, não possuírem nome, mas gostei do enredo que é bem diferente.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marla,
      Apesar dos personagens não possuírem nomes, não senti que atrapalhou a leitura, fluiu normalmente ;)

      Excluir
  15. Essa é a primeira resenha que leio desse livro e olha, eu não dava muita coisa, mas acabei me surpreendendo com o que você disse sobre ele.
    Dica anotada.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu
      Que bom que você gostou, adorei saber a sua impressão sobre a resenha ;)

      Excluir
  16. Oi, Re! Já tinha visto muitas resenhas desse livro, mas nunca dei muita bola. Porém agora, lendo a tua, alguns detalhes me impressionaram. Interessante :)
    Parabéns pela resenha!

    Xoxo
    http://foolishhappy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tai,
      Acho que você vai gostar desse livro do Fábio, a trama vai envolvendo a gente e ficamos intrigados com os acontecimentos, até chegar em um final pra lá de diferente ;)

      Excluir
  17. Oi Re!
    Já li algumas resenhas desse livro, a maioria positivas. Mas confesso que ainda tenho um certo receio de não gostar da estória. rs
    Mas quem sabe ainda não perco o medo e me arrisco a ler!

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Blake, vi seus comentários em todas as outras resenhas! O que falta? :) tem uma personagem feminina bem interessante no livro. Gostei muito de escrever a esposa! :)

      Espero que algum dia você arrisque!

      Abs,
      Fábio

      Excluir
  18. O livro deve ser muito bom... fiquei curiosa para saber a causa das mortes e como os sobreviventes se comportaram durante a trama... resenha perfeita que desperta uma vontade enorme de ler o livro.

    já foi para a lista!!

    bjsss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Renata!
    Gostei da resenha, fiquei curiosa pra saber o mistério dessas mortes. Os filmes que você citou eu não assisti, mas você viu "Ensaio Sobre a Cegueira"? Ele mostra a humanidade numa situação extrema e do que o ser humano é capaz quando está no limite, é baseado num livro também.
    Beijos... Elis Culceag.
    * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir