Resenha – Quase Casados, de Jane Costello

Escuta Essa - Quase CasadosTítulo: Quase Casados
Autora: Jane Costello
Editora: Record

Sinopse: Para Zoe Moore, o dia de seu casamento foi o mais marcante de sua vida. Ou melhor, o dia em que deveria ter se casado, mas em vez disso, foi largada no altar após sete anos de namoro. Arrasada e disposta a se recuperar, ela decide se mudar de Liverpool para os Estados Unidos e trabalhar como babá. Ao chegar em Boston, ela se depara com a esperta Ruby, prestes a completar 6 anos, o adorável Samuel, que acaba de fazer 3, e o pai deles, Ryan Miller. Seu novo chefe, além de fazer uma bagunça sem precedentes e de ter um mau humor imbatível, é incrivelmente bonito. Depois de um começo um tanto decepcionante, Zoe e Ryan começam a se entender, mas ela está prestes a descobrir que recomeços podem ser mais difíceis do que esperava.




Banner Resenha - Quase Casados
Vocês que acompanham o blog sabem que eu adoro um chick-lit. Quando vi a capa do livro e li a sinopse, ele me conquistou imediatamente. Logo na capa vem escrito “Se você é fã de Sophie Kinsella, vai amar Jane Costello”. Claro que nem pensei duas vezes e assim que o livro chegou, devorei logo.
A escrita de Costello é rápida, divertida e bem descritiva, em alguns momentos me peguei rindo das confusões de Zoe.

O que fazer depois de ser abandonada no altar pelo noivo que está com você há sete anos?
Foi isso que aconteceu com Zoe, eles tinham uma bela casa, moravam juntos, se davam bem na cama e fora dela. O noivo era lindo e Zoe estava apaixonada por ele.

Quando ela o conheceu pensou que seus amigos não iriam aceitá-lo, mas ele conquistou os amigos e parentes de Zoe, cativando todos ao seu redor. Agora ele fazia parte da família e dos amigos mais próximos de Zoe. Eles tinham uma vida perfeita, e isso já durava sete maravilhosos anos.

Igreja

Tudo mudou no dia do casamento.
Assim que Zoe chegou na igreja, o namorado da sua melhor amiga, Andrew, avisou para Zoe que Jason não viria. Sua amiga, Jess, colocou Zoe de volta no carro e a retirou de lá rapidamente.
Jason simplesmente não apareceu, não ligou e não deu nenhum sinal de vida.
Zoe não conseguiu compreender o sumiço dele, como ele poderia ter feito algo assim depois de sete anos juntos?! Nem ao menos um telefonema?! Nem uma explicação sequer!

Depois desse acontecimento desastroso, Zoe decide que é hora de sair de Liverpool e ir ser babá nos Estados Unidos. O que ela encontra por lá não é nenhuma maravilha: seu patrão, apesar de lindo, é um chato arrogante, a casa está um verdadeiro caos, como se um furação estivesse fazendo moradia ali e as crianças (Ruby e Samuel) não possuem horários para nada.


"Ele fixa os olhos em mim. Sua expressão é severa, mas não lhe faltam atrativos. De maneira alguma. Na verdade, ele é… Ah, meu Deus… Ele é deslumbrante. Bonito de dar medo"
(pág. 31)

Com muita calma e paciência, Zoe consegue colocar tudo em ordem, mesmo vendo muito pouco o seu patrão que na maioria das vezes chega em casa tarde da noite cheirando a perfume barato.

Aos poucos Zoe começa a fazer amizade com as babás das casas vizinhas: Trude, Amber, Felicity .Todas sempre saem juntas com as crianças para passear, ir ao parque, almoçarem juntas ou qualquer outra atividade divertida. Ficamos conhecendo um pouco sobre a vida de cada uma delas [acho que poderia ter um livro sobre cada uma, seria bem legal] e entremeando as suas histórias com a de Zoe.

Ryan Miller é um homem difícil de se lidar, mas aos poucos eles começam a se notar como homem e mulher, como se houvesse uma química e uma atração sempre presente.

Zoe não estava interessada em nenhum relacionamento amoroso no momento, mas ambos acabam se envolvendo e tendo um caso em segredo. Zoe acaba descobrindo algumas coisas sobre Ryan e tudo o que parecia calmo e quase perfeito começa a mudar…

Como se já não bastassem esses novos problemas surgindo, Jason telefona para Zoe… Ele tinha tentado entrar em contato com ela meses depois do acontecido, mas Zoe não estava preparada para ouvi-lo. Agora ela pensa se deve ou não atender o telefonema dele…

Depois de quase um ano, agora ele quer se explicar… e a quer de volta. [Como assim??]

pedido de casamento

Será que Zoe voltará para seu antigo amor, que a abandonou no altar, mas possui toda uma história de sete anos ou irá apostar todas as suas fichas em Ryan, um viúvo com duas crianças que ainda não consegue lidar muito bem com a perda repentina da esposa??

Gostei muito de ler “Quase Casados”, Costelo conseguiu me conquistar com sua história engraçada e com cenas hilárias protagonizadas pela desastrada Zoe.
Que venham mais e mais livros de Jane Costello

Vamos falar um pouco da parte técnica do livro?

A capa já indica que o assunto abordado será o romance, casamentos e afins. O título do livro possui aplicação de verniz. Nas orelhas do livro encontramos um pouco sobre a história e sobre a autora. A diagramação interna é simples, mas muito bem cuidada. As páginas foram impressas em papel off-white o que suaviza a leitura e não cansa os olhos. A tipologia usada é a Sabon LT Std em corpo 11/15,5 , impresso em papel off-white e as margens são adequadas.
O livro possui 416 páginas divididas em 90 capítulos e agradecimentos.
Parabéns para a editora Record pelo belíssimo trabalho.

Capa:
Escuta Essa Quase casados 01

Elenco segundo o Escuta Essa:
Zoe
[Zoe]
Ryan
[Ryan]
Jason
[Jason]


Jane CostelloSobre o autora: Jane Costello atuou como jornalista durante anos antes de se tornar escritora. Trabalhou nas publicações Liverpool Echo, Daily Mail e foi editora do Liverpool-Daily Post. Seus livros já foram traduzidos para mais de 6 idiomas. De sua autoria, a Editora Record também publicou Damas de Honra. Quase Casados foi eleito pela Romantic Novelist’s Association como a comédia romântica do ano. Ela mora em Liverpool com os dois filhos Otis e Lucas.

21 comentários:

  1. Tenho certeza que vou amar esse livro. Adooooooro comédia romantica, mesmo sendo meio clichê, nunca me canso desses temas, noiva no altar e novo louco amor.
    Na listaaaaa, graças a sua resenha!

    Bjos
    Ni
    Cia do Leitor

    Ah! Aproveita dá uma passadinha no blog, tem resenha nova! http://ciadoleitor.blogspot.com/2014/09/resenha-erica-larissa-barros-leal.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ni
      Teve partes em que eu rir com vontade das maluquices da Zoe rsrsrs
      Vale a pena

      Excluir
  2. Oi Re! QUANTO TEMPO! Ótima sua resenha, como sempre! Estou voltando a ativa lá no blog e na minha vida de leitura, graças a Deus! Hahahaha Se quiser passar lá no Cultura & Donuts, vou ficar feliz <3
    http://culturaedonuts.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tai
      Que bom que você gostou da resenha :D
      Estava com saudades de você também, vou agora mesmo lá no seu blog.

      Excluir
  3. Não gosto muito de chick-lits, mas esse enredo aí e do jeitinho que eu gosto. Já ouvi falar da autora, mas nunca li nada dela. Espero que a mocinha dê um bom pé na bunda desse ex que a largou no altar, hehe!!! Sou mais o viúvo e as crianças!!!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Su
      Eu pensei a mesma coisa que você rsrsrs

      Excluir
  4. Gostei da resenha Rê. Parece ser um chick-lit divertidíssimo! Se tiver a oportunidade, pretendo lê-lo. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa
      E bota divertido nisso rsrs ela faz umas coisas bem hilárias :D :D

      Excluir
  5. Oi Rê!
    Que coisa mais fofa, a capa desse livro!!!
    Se eu fosse a Zoe ia matar o Jason! Como assim, abandonar no dia do casamento?
    Parece ser um ótimo livro!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sora
      Tadinha da Zoe, ser abandonada na igreja!!
      Pior de tudo que ele demorou até para dar uma satisfação...aff

      Excluir
  6. Passei e encontrei o seu blog, estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes, mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu. Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante, deixe um comentário, e se desejar fazer parte de meus amigos virtuais, esteja à vontade, irei retribuir. Mas por favor não se sinta coagido, siga apenas se desejar. Abraço. António.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Antônio
      Obrigada pela visita, passarei lá no seu blog também

      Excluir
  7. Como não conhecia esse livro? Eu quero pra ontem. Amei a capa e a sinopse é bem o que gosto de ler. E agora fiquei na curiosidade para saber quem ela vai escolher. Eu já sei quem eu escolheria heheheh.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil
      Esse livro é bem leve, divertido e gostoso de se ler. Pode apostar nele que você vai gostar :D

      Excluir
  8. Eu adoro chick-lit, é um dos temas que mais gosto em livro. Depois de ler sua deliciosa resenha e saber que Sophie Kinsella é indicada na capa, já fiquei salivando pra ler.
    Já vou colocar na minha lista de desejados e assim que possível vou conferir a história de Zoe. Ah e vou ficar torcendo para que ela fique com o viúvo.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lia
      A Zoe é bem doidinha e faz coisas hilárias :D
      Adorei ter lido esse livro e já que você gosta de chick-lits, com certeza você vai gostar desse

      Excluir
  9. Oi, como está?
    Nunca li um chicklit, por óbvio, né? rs.
    Esse parece ser um "clichêzaço", mas deu para perceber que você gostou do que viu.
    Estou seguindo aqui, se puder, retribui.
    Beijo,

    www.enquantoestavalendo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcelo
      Ele é um chick-lit bem engraçado, leve e divertido, curti bastante a leitura.
      Vou lá no seu blog

      Excluir
  10. Oi Renata!!!
    Fala sério, o cara dá "o bolo do século" e só aparece meses depois com a satisfação? Fiquei super curiosa pra ler o livro e saber se a Zoe dará um "chega pra lá" no Jason.
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elis
      Pois é, nem para no dia seguinte ligar ou dar uma explicação... afff fiquei danada da vida com ele

      Excluir
  11. Ai genteee! Capa linda e delicada é essa? Já me ganhou pelo trabalho na arte da capa **.**
    Li a sinopse e fiquei curiosa, então li sua resenha e necessito agora saber o resto da história, preciso desse livro. Os personagens me pareceram tão fofos!
    Parabéns Renata, me conquistou, mais uma vez venho aqui e me apaixono por um livro por causa da sua resenha. Adorei ^^
    Beijocas querida.
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir