Resenha – Idênticos, Scott Turow

identicos capa escuta essaTítulo: Idênticos
Autora: Scott Turow
Editora: Record

Sinopse:
Vinte e cinco anos depois do assassinato de Dita Kronon, Cass Gianis, ex-namorado da vítima, está prestes a sair da prisão após ter cumprido pena pelo crime, enquanto seu irmão gêmeo, Paul, é candidato à prefeitura do Condado de Kindle. Nas vésperas das eleições, Hal, irmão mais velho de Dita, decide enfim expor publicamente uma suspeita que guardou para si todo esse tempo: que Paul teria tido participação na morte de sua irmã. Assim, ele aciona Evon Miller, ex-agente do FBI, e Tim Brodie, investigador aposentado, para provar suas suspeitas. Os dois logo trazem à tona a complexa trama de sexo, traição e violência que envolve a relação entre os Kronons e os Gianis.





Banner Resenha - Identicos

Gosto muito de tramas policiais e Scott Turow apresenta em "Idênticos" a chamada "literatura de tribunal" que, pelo nome, vocês já podem ter uma ideia do que se trata.
A história gira em torno da morte de Dita, namorada de Cass, que é irmão gêmeo de Paul. Nada indica que Cass tenha matado a namorada, a polícia local não estava preparada para tal acontecimento, a família estraga um pouco a cena do crime e quando tudo acaba ficando muito confuso, Cass se diz culpado pelo crime e acaba cumprindo vinte e cinco anos de prisão.

idênticos - escuta essa
Após todo esse tempo, Cass é solto, mas o irmão de Dita, Hal, não se conforma e faz anúncios na TV insinuando que o verdadeiro culpado é o irmão de Cass, Paul.

Paul é uma pessoa importante na cidade e candidato a prefeito. Toda essa confusão surge as vésperas de sua candidatura complicando sua campanha e fazendo com que ele possa perder votos. Paul acaba processando Hal pelos anúncios e alegações que anda espalhando.

Hal é milionário e insiste na ideia de que Paul é o culpado. Para ajudá-lo a descobrir a verdade, Hal chama o detetive Tim, que trabalhou na época no assassinato de Dita, para investigar toda a história mais a fundo.

Durante o desenrolar da história ficamos sabendo mais sobre o dia do assassinato de Dita, sobre sua família, sobre os gêmeos Cass e Paul, sobre seus pais e sobre a rixa que suas famílias possuíam. Em alguns momentos o autor nos coloca no dia do assassinato, pelo ângulo de várias pessoas, mas sem concluir quem realmente estava presente no momento exato do assassinato. 
 
"– Eu entendo, querida – falou Tim – Eu entendo. A verdade é que descobrir tudo pode significar mais para mim do que para Hal a essa altura. Aqui estamos, 25 anos depois, e percebo que não fiz um trabalho muito bom”
(pág. 304)

O enredo criado por Turow é bem complexo e denso, no início achei a história um pouco confusa, mas depois a trama prendeu a minha atenção e fiquei bem curiosa para saber o que realmente tinha acontecido naquele dia fatídico e a revelação foi bombástica.

Uma coisa que achei muito interessante foram as “notas sobre fontes” que o autor adicionou ao final do livro, onde ele explica em que se baseou para criar a história, alguns eventos reais e algumas referências mitológicas.


Vamos falar um pouco da parte técnica do livro?
A capa é interessante, ela não é bege como aparece na foto, é dourada e possui duas digitais na capa. O título do livro e o nome do autor é em alto relevo e com aplicação de verniz. Nas orelhas do livro encontramos um pouco sobre a história e sobre o autor. A diagramação interna é simples, mas muito bem cuidada. As páginas foram impressas em papel off-white, o que suaviza a leitura e não cansa os olhos, com tipologia Adobe Garamond Pro com tamanho 11,5/15. O livro possui 377 páginas divididas em 35 capítulos, personagens e notas sobre fontes.
Parabéns para a editora Record pelo belo trabalho.

Capas:
identical 81-dnXCrWxL._SL1500_


Book Trailer:

Curiosidades:

•     Scott Turow é autor de nove obras de ficção, todas best-sellers, incluindo Acima de qualquer suspeita e O inocente. Seus livros venderam mais de 30 milhões de exemplares no mundo e foram adaptados para o cinema e a televisão.
•     Idênticos ocupou o segundo lugar na lista de best-sellers do New York Times Book Review em novembro de 2013.

pageSobre o autor: Os romances de Scott Turow sempre alcançam enorme sucesso e chegam às listas de mais vendidos de todo o mundo. Maior nome da literatura de tribunal norte-americana, é autor, entre outros, de Acima de qualquer suspeita, O ônus da prova, Ofensas pessoais e Erros irreversíveis. Um dos principais advogados de sua Chicago natal, é sócio da firma de advocacia Sonnenschein Nath & Rosenthal. Em 2002, ao lado de políticos e de importantes juristas dos Estados Unidos, participou de uma comissão federal para discutir a pena de morte.
Logo-Record

25 comentários:

  1. Gostei da resenha Renata. O livro parece ser ótimo e bem misterioso. Aprecio bastante este tipo de thriller. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa
      Esse livro é bem legal mesmo, uma leitura bem instigante

      Excluir
  2. Gostei da resenha Rê, mas não sei se leria :x
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bru
      Acho que você ia gostar da trama, as famílias são gregas e claro um segredo poderoso :D

      Excluir
  3. Não conhecia o autor... pelo menos não me vem nada à cabeça quando leio o nome dele, mas gosto muito de tramas assim. Fazia tempo que não lia um livro policial, aí acabei pegando um aqui pra matar a saudade, hehe! O livro deve ser bem interessante, e confesso que fiquei curiosa em relação a tal revelação bombástica do final. Será que o assassino é o que já está bem na cara quem é, ou teremos reviravolta? Ou seria a tal revelação o verdadeiro motivo por trás da morte? Ai, que agora vou ficar matutando isso aqui na minha cabeça, hehe!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Su
      O livro é bem legal, quando acabei de ler, fiquei uma hora contando a história para o meu noivo de tão empolgada que fiquei com a trama *_*

      Excluir
  4. Os únicos "livros de tribunal" que eu li foram os do Michael Connelly. Já ouvi falar muito bem do Scott Turrow, tenho curiosidade de ler alguma coisa dele :D
    Beijos
    Iris
    literalmentefalando.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi
      Foi o primeiro livro dele que eu li e achei muito legal. No final em “notas sobre fontes" ele praticamente conversa com o leitor e conta de onde tirou as ideias da trama. Adorei isso

      Excluir
  5. Oi Renata, eu não conhecia o autor, pelo menos que eu me lembre também não tinha escutado falar de seus livros. Mas, fiquei muito interessada neste. Sua resenha instigou minha vontade de conferir esta história e descobrir o que realmente aconteceu com Dita.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lia
      Eu também fiquei super curiosa e praticamente virei a noite lendo rsrs no dia seguinte estava trabalhando igual a um zumbi :D Mas valeu a pena

      Excluir
  6. Oie,
    não conhecia o livro, mas confesso que não é muito meu estilo de leitura.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa
      O que você gosta mais de ler?
      Eu estou sempre mudando rsrs cada hora uma coisa diferente rsrs

      Excluir
  7. Ainda não conhecia esse livro, mas achei a história fascinante. Agora preciso ler para saber quem é o verdadeiro culpado ou vou morrer de curiosidade. Adorei sua resenha.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil
      Eu fiquei assim mesmo, super curiosa pra saber quem era o culpado, e acabei lendo rapidinho :D

      Excluir
  8. Fico feliz que você tenha curtido o livro, mas esse de deixar o leitor um pouco confuso me deixou com um pé atrás. Não é algo que leria no momento.
    Beijos!
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paloma
      Se você tiver a oportunidade de ler, arrisque, acho que você vai gostar :D

      Excluir
  9. Que massa, Rê!
    Não conhecia o livro, mas assim que li que é um livro policial já prendeu minha atenção. Sou fã desse gênero, me empolgo durante a leitura tentando ficar ligada em todos os fatos (mas sempre deixo algo importante passar - rs).
    Gostei demais da resenha e leria esse livro com toda certeza. Já anotei o nome para procurar da próxima vez que for a uma livraria.
    Beijão
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Neyla
      Nessa história temos que ficar ligadas mesmo, principalmente na personalidade de cada um dos personagem, acho que a dica está nisso

      Excluir
  10. Gostei bastante da resenha e fiquei bem curiosa em relação a esse livro

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ângela
      Que bom que você gostou da resenha, se você tiver a oportunidade de ler esse livro do Turow, leia, vale a pena. :)

      Excluir
  11. Eu leria pelo mistério que parece envolver a trama, embora no momento livros policiais não me atraiam muito. Gostei demais da resenha, como sempre muito bem elaborada.
    Beijos

    http://vivianeblood.blogspot.com.br/2014/11/dica-de-leitura-resenha-dracula.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vivi
      Obrigada, que bom que você gostou da resenha :)

      Excluir
  12. Oi Rê!
    Não conhecia o livro, mas adorei! Adoro séries policiais tipo Law & Order, que tem a parte da investigação policial e dos tribunais, e o livro me pareceu ser assim. Vou procurar saber mais sobre o autor também para conhecer os outros livros dele!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  13. Caraca, mas esse tal de Hal demorou 25 anos pra divulgar suas suspeitas? Fiquei foi suspeitando dele rsrsrs...
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  14. Que confusão! Parece ser aquele tipo de livro que prende e não largamos até que tudo seja esclarecido. Não aprecio muito livros policiais, alguns me atraem e termino adorando. Parece que esse é um deles, ainda mais depois da ótima resenha.

    anotado!
    Bjo
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir