Resenha – O Príncipe das Sombras, de Sylvain Reynard

O Príncipe das SombrasTítulo: O Príncipe das Sombras
Autor: Sylvain Reynard
Editora: Arqueiro

Sinopse: O Príncipe das Sombras - Um conjunto muito valioso de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia, de Dante Alighieri, é exposto na Galleria degli Uffizi, em Florença. O dono das peças é o famoso professor de literatura Gabriel Emerson. Quando se deixou persuadir por sua amada esposa, Julianne, concordando em dividir com o mundo a beleza daquelas obras de arte, Gabriel jamais poderia imaginar que estaria atraindo para si um poderoso inimigo.
Mais de um século antes, aquelas mesmas ilustrações foram roubadas de seu verdadeiro dono, o Príncipe de Florença, uma criatura sobrenatural e misteriosa que governa o submundo da cidade e há muito não sabe o que é o amor. Agora um dos seres mais perigosos da Itália está disposto a recuperar o que lhe pertence e se vingar de Gabriel e Julianne. Mas logo seus planos são frustrados. Um atentado o obriga a deixar os Emersons de lado, afinal ele precisa resolver assuntos muito mais importantes. Tanto seu principado quanto sua própria vida parecem estar em risco. Passado na cidade mais artística da Itália, O príncipe das sombras é uma incrível introdução à nova série de Sylvain Reynard, Noites em Florença, e vai deixar os leitores com gostinho de quero mais.

Banner Resenha - O Príncipe das Sombras O Príncipe das Sombras é um prequel  da série Noites em Florença.
Quem já leu a trilogia Inferno de Gabriel, com certeza vai gostar de ler essa nova série, porque Gabriel e Julianne aparecem aqui também e suas histórias irão se entrelaçar com a do Príncipe, quando, a pedido de Julianne, Gabriel decide expor em Florença as ilustrações de Botticelli sobre a Divina Comédia.
O que Gabriel nem imagina, é que, expondo as ilustrações, ele irá despertar a ira de um ser desconhecido, o Príncipe, uma criatura sobrenatural que comanda todo o submundo de  Florença.
Então você se pergunta, porque ele quer se vingar do casal?
A resposta é simples, o Príncipe foi roubado! As ilustrações pertenciam a ele e a pessoa que o roubou entrou em seu castelo, roubou as ilustrações e saiu sem deixar rastros. O Príncipe investigou, torturou, matou e mesmo assim nada descobriu sobre as suas obras roubadas há mais de um século, até saber que elas estavam sendo expostas na Galleria degli Uffizim, em Florença e que pertencia a Gabriel, o que gerou uma grande fúria e sede de vingança no Príncipe.

príncipe
O Príncipe toma a decisão de se vingar do casal e vemos ele vigiando pelas sombras e planejando a sua vingança, mas seus planos de recuperar as obras e de vingança são adiados pois o Príncipe sofre um atentado dentro do seu próprio principado. Quem teria coragem de tentar algo contra o Príncipe?

"Houvera um tempo em que o Príncipe sentira a mesma felicidade, quase a possuíra, mas Deus ou o destino haviam conspirado contra ele. Seu desejo de amor e conexão com outra pessoa morrera quando ele deixara de ser humano. (Ou assim ele pensava) "
(pág. 76)

A história se desenrola de forma rápida e direta, e já define para o leitor sobre o que ele irá ler na série Noites em Florença. Gostei muito do enredo e ele me conquistou logo de início. Vingança, amor, magia, sobrenatural… me fez lembrar um pouco o Drácula de Bram Stoker… Será que o Príncipe irá se apaixonar por Julianne?
Estou bem empolgada para ler a continuação da história em A Transformação de Raven.

Vamos falar um pouco da parte técnica do livro?
A capa possui aplicação de verniz e o título é em auto relevo.  A diagramação é caprichada e bem cuidada. As páginas foram impressas em papel creme, o que suaviza a leitura e não cansa os olhos, com tipologia adequada o que facilita a leitura. O livro possui 128 páginas divididas em 14 capítulos, prólogo, lista de termos e nomes próprios e agradecimentos, além de um trecho do primeiro capítulo de A Transformação de Raven.
Parabéns para a editora Arqueiro pelo belíssimo trabalho.

Capas:
The Prince


A5efEGbSobre o(a) autor(a):
Quase nada foi divulgado sobre a verdadeira identidade do autor por trás do pseudônimo Sylvain Reynard. Sabemos que ele é canadense, já escreveu vários livros de não ficção e tem um profundo interesse pela arte e pela cultura renascentistas. Mas, embora declare ser do gênero masculino, seus fãs têm uma forte suspeita de que na verdade S.R. seja uma mulher. Semifinalista ao prêmio de Melhor Autor e Melhor Livro no Goodreads Choice Awards de 2011, Reynard apoia diversas instituições de caridade e acredita que a literatura ajuda a explorar os diversos aspectos da condição humana, como o sofrimento, o amor e a redenção.

5 comentários:

  1. Oi Rê, tudo bem?
    Eu gostei deste Prequel, e já li A Transformação de Raven, até o momento a série está me agradando bastante.
    Sylvain me conquistou mais uma vez, e já estou doida para conferir o próximo.
    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Oi Renata,
    Estou lendo “A Transformação de Raven”, e estou gostando então acredito que “O Príncipe das Sombras”, também irá me agradar.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Rê amore de tia, tive que pular alguns trecho de sua resenha, pois ainda não li o livro. E como parceira da Editora Arqueiro, tenho que igual,ente resenhar zerinho quilometro!
    Assim que acabar a leitura, volto aqui pra trocarmos ideia. Tenho certeza que iremos concordar com muita coisa.
    Bjos
    Ni

    ResponderExcluir
  4. Oi Rê
    Li sua resenha e fiquei bem curiosa com a história. Preciso ter este livro. Já coloquei na minha listinha de desejados e com certeza vai ter prioridade para leitura.

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Oi Renata!
    Eu li a série O Inferno de Gabriel e agora estou curiosa pra saber como a autora (ou autor?) trabalhou o sobrenatural dentro de sua nova série.
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir