Resenha – Pulsação, de Gail McHugh

PulsaçãoTítulo: Pulsação
Autor: Gail McHugh
Editora: Arqueiro
Sinopse: Emily Cooper sempre pensou que iria se casar e viver ao lado de Dillon Parker. Porém, após conhecer Gavin Blake, toda essa certeza foi por água abaixo. Arrebatada pelo sexy empresário, ela se entregou a uma paixão avassaladora, mas que logo foi abalada por uma dolorosa revelação. Mesmo com o fim do tórrido relacionamento, Emily percebe que está disposta a arriscar tudo para ficar com o homem que domina seus pensamentos e sonhos desde o dia em que se conheceram. Agora ela só pode se apegar à esperança de que Gavin ainda a deseje, apesar de todos os seus erros e defeitos. Com o coração partido, Gavin se isola da sociedade e se fecha em um mundo autodestrutivo. Emily não está acostumada a ser forte, mas terá que encontrar dentro de si a coragem e a confiança necessárias para lutar por seu amor e trazer Gavin de volta. Neste desfecho da série, os leitores ficarão ainda mais apaixonados por Emily e Gavin, envolvidos em uma jornada de perder o fôlego e acelerar a pulsação. 



Pulsação
é a sequência de Tensão, que já foi resenhado pelo EscutaEssa e você pode conferir aqui.
Depois de aguardar ansiosamente pela continuação da história de Emily e Gavin, acabei devorando o livro no mesmo dia, gostei bastante da trama e descobri que finalmente a Emily está mais decida (ainda bem)

No primeiro livro descobrimos como Emily era facilmente manipulada pelo noivo e sempre acabava fazendo o que ele queria, achando que de certa forma estava em dívida com ele, pois quando ela mais precisou, ele ficou ao lado dela (até aí, te digo: qualquer um poderia ter ajudado). O chato do noivo dela foi um louco manipulador, e ela uma mulher controlada pelas atitudes dele.

Emily desperta para a vida, finalmente chuta o pau da barraca e acaba passando por um inferno para terminar com o noivo. Agora livre, seu primeiro pensamento foi : Gavin. Mas este já tinha ido curtir as mágoas bem longe dela. Ainda bem que Emily conseguiu ser forte e ir atrás do que queria e isso significava ir atrás de Gavin.
Emily e Gavin

O encontro deles é confuso, cheio de altos e baixos, mas como o amor supera tudo, eles tentam seguir a nova vida juntos. Mas… depois de um pouco de calmaria, vem a tormenta, chamada... "Dillon"

Mesmo com Emily tentando manter segredo sobre como foi o término do seu noivado, nada vai impedir uma grande confusão. E como se não bastasse a falta de sossego do casal, Emily descobre que está grávida… Então vocês pensam… Qual seria o problema? É uma gravidez e está tudo lindo… Estaria se Emily soubesse quem é o pai… Minha nossa! Que casal complicado e nessa altura eu já estou com pena do Gavin e pensando ‘para que ele foi se apaixonar por essa mulher tão complicada’, mas ele a ama e lhe dá apoio total, mesmo na dúvida sobre a paternidade. 

“Quero quebrar as regras. Beijar você apaixonadamente todos os dias. Fazer você sorrir quando estiver prestes a chorar. Não quero arrependimento nenhum entre a gente. Quero que a gente ria junto até doer a barriga, até perder o fôlego. Nenhum homem nunca vai te amar como eu, Emily. Você é tudo. Minha última. Minha eterna.”

Quando Dillon descobre que pode ser o pai do bebê… inferniza a vida de Emily e Gavin. Tenho que dizer que esse Dillon tem que saber perder e sair de cena, ô cara doido viu?

O livro é ótimo, com um enredo romântico, sexy e cheio de tensão. O casal é ótimo e Dillon nos mostra como podem existir pessoas que não sabem sair de cena e ir em busca da própria felicidade, pessoas que atormentam os outros e esquecem de viver as suas próprias vidas.

A sequência foi maravilhosa e recomendo demais.

Vamos falar um pouco da parte técnica do livro?
A capa possui aplicação de verniz (brilho) e auto relevo no título do livro.  A diagramação é caprichada e bem cuidada. As páginas foram impressas em papel creme, o que suaviza a leitura e não cansa os olhos, com tipologia adequada o que facilita a leitura. O livro possui 352 páginas divididas em 21 capítulos, epílogo e agradecimentos. Parabéns para a editora Arqueiro pelo maravilhoso trabalho.

Capas:

Pulse















Gail McHugh1
Sobre a autora: Gail McHugh estreou na literatura com Tensão, que, junto com sua continuação, Pulsação, figurou na lista de mais vendidos do The New York Times. Chocólatra assumida, ela é casada há mais de quinze anos e tem três filhos.





arqueiro

4 comentários:

  1. Oi Rê, sua linda, tudo bem
    Também adorei ela ter tido coragem de correr atrás dele, ele merecia essa atitude dela, eles merecem ser felizes. Mas estou chocada com essa revelação, esses autores sempre querem acabar com agente. Já vi que vou sofrer horrores até o final feliz. Eu já tenho o primeiro livro, falta comprar esse, não vejo a hora de ler essa duologia. Adorei sua resenha!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cila
      Esse casal é muito legal, ficamos aflitas, torcendo para que de tudo certo e que o Dillon desapareça :D

      Excluir
  2. Olá, tudo bem?
    Apesar desse livro fazer parte de uma serie, que parece ser grande, e não fazer muito meu gênero depois da sua resenha eu fiquei com MUITA vontade de dar uma chance a ele, parabéns por esse feito, hahaha!
    Estou seguindo e adorando o blog <3
    Beijos.
    Tenho um blog no qual falo sobre filmes, series e cultura no geral. Se puder dar uma conferida ficarei muito grata: http://cineleva.blogspot.com.br/ :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wilma, bem vinda ao blog, espero que goste e volte sempre ;)
      Essa série é espetacular, pode ler toda ela que com certeza você vai amar!

      Excluir