Resenha – O Último dos Canalhas, de Loretta Chase

O último dos canalhas capaTítulo: O Último dos Canalhas (The Last Hellion)
Série: Canalhas
Autor: Loretta Chase
Editora: Arqueiro
Sinopse:  O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela. Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça. Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insensatos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais. Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a der- rota mais humilhante ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação.

Banner Resenha - O último dos canalhas

A editora Arqueiro publicou “O último dos Canalhas”, o tão esperado segundo livro da Série Canalhas.
#amei O primeiro livro da série é “O Príncipe dos Canalhas” (que também adorei) e você pode ler as minhas impressões sobre ele clicando aqui.

O gênero romance de época é um dos meus queridinhos e quando soube que teríamos o segundo livro da série, fiquei querendo ler imediatamente, imaginando o que Loretta traria dessa vez. Imaginei logo uma personagem feminina empoderada, e foi exatamente o que encontrei!!
Lydia Grenville ainda bem jovem abriu mão do seu dote matrimonial para investir na sua carreira como escritora, pois ela não queria um casamento, queria uma carreira. Linda, inteligente e determinada, Lydia rapidamente conquistou o seu espaço como jornalista e escritora, e seus artigos incomodavam algumas pessoas importantes da cidade mas mesmo assim ela continuou fazendo sucesso e sendo cada vez mais conhecida.
!Template imagens escuta essa11 
Vere Aylwin Mallory, duque de Ainswood, possui uma vida libertina, sempre envolvido com mulheres, bebedeiras e confusões. Sua vida nem sempre foi assim, mas após sofrer com a morte de seu primo e ficar com a guarda de seus filhos, Vere passa novamente por mais uma perda, e todos esses acontecimentos o deixam muito abalado. Achando que possa estar com algum tipo de maldição, acaba abandonando tudo. Ele não quer esse título, não quer mais cuidar dos filhos do seu primo e com isso se afasta de tudo e se entrega a uma vida totalmente desregrada.
O primeiro encontro de Lydia e Vere é explosivo, ela não costuma levar desaforos para casa e ainda estava tentando salvar uma menina das mãos de uma conhecida cafetina da cidade. Vere aparece no meio da confusão fazendo gracinhas e provocando Lydia, e o resultado foi Vere, o duque de Ainswood, nocauteado na lama, na frente de várias pessoas conhecidas.
Claro que esse encontro vai marcar Vere e ele vai querer saber mais sobre essa mulher tão independente e determinada. A cada descoberta e encontro inesperado com Lydia, Vere descobre mais algumas facetas sobre ela, o que vai deixando-o cada vez mais intrigado e curioso. Sem perceber, o sentimento inicial de briga e raiva vai se transformando em paixão.
 
"...,Vere mal havia encostado na boca de Grenville. Dessa vez, tinha se preparado para o cerco longo e lento de um beijo capaz de derrubar qualquer resistência. E depara com o maior choque da sua vida. Ela não sabia beijar."

O livro é um amor, adorei ler essa história e me diverti muito com as atitudes de Lydia, uma mulher determinada e a frente de seu tempo. Ver a autora criar uma personagem tão forte me deixa cada vez mais entusiasmada para ler seus livros, pois ela mostra através das páginas do seu romance a mulher inteligente, independente e determinada, que se impõe diante de uma sociedade machista.
Loretta Chase deixa a sua mensagem, nos conta por meio desse romance que antigamente existiam mulheres que não se deixavam dobrar pelos homens. Mesmo amando e desejando estar casada com eles, elas sabiam se impor e lutar por seu espaço na sociedade.
Nesse livro vamos encontrar Lorde Dain (Lorde Belzebu para os íntimos) e Jéssica (casal do primeiro livro da série) e um pouco sobre Bertie (irmão de Jéssica).
Estou ansiosa pelo próximo livro!

Vamos falar um pouco da parte técnica do livro?
A capa é fosca e possui aplicação de verniz no título do livro. A diagramação é caprichada e bem cuidada. As páginas foram impressas em papel cor creme, o que suaviza a leitura e não cansa os olhos. A fonte possui tamanho bom e as margens são adequadas. O livro possui 286 páginas divididas em 20 capítulos e prólogo.
Parabéns para a editora Arqueiro pelo belíssimo trabalho.

Capas estrangeiras:
International book covers 13z7kuo

Série Canalhas:
Série Canalhas 

Loretta Chase
Loretta Lynda Chekani nasceu em 1949 numa família albanesa. Assim que aprendeu a escrever, passou a pôr no papel as histórias que inventava. Formou-se em inglês pela Clark University, onde trabalhou meio período como professora, ao mesmo tempo que escrevia roteiros. Foi quando conheceu um produtor que a inspirou a publicar suas histórias. Os dois acabaram se casando. Com o sobrenome do marido, Loretta Chase vem publicando romances históricos desde 1987, pelos quais ganhou vários prêmios, inclusive o RITA, da Associação Americana de Escritores de Romances, por O príncipe dos canalhas.

2 comentários:

  1. Aiiii, eu amei esse livro. Na verdade, gostei mais dele do que do "Príncipe" (isso pq eu ameeei o príncipe, hehe). Além desses 2 lançados, eu já li o "The Mad Earl's Bride" e amei! Aliás, essa história é que está nesse livro "Three Weddings And a Kiss". É que primeiro saiu nesse livro com outras 3 histórias e depois a autora o lanou num livro separadinho, só dele. Falta só eu ler esses 2 primeiros, mas já me falaram que não são tão bons assim, então tô meio receosa. Mas se a Arqueiro lançar, com certeza vou comprar!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  2. Oi Re, sua linda, tudo bem?
    Nossa, fiquei com o coração paertado, como assim ele larga tudo, inclusive os filhos do primo? O que será das criança? Ser mulher e ter uma profissão naquela época não devia ser fácil. Já vi que irei adorar esse casal. Estou louca para ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir