#EscutaEssaTirinha‬ 0142 – Dia do Poeta


Dia de 20 de Outubro é o dia do poeta, aquele que cria música com o silêncio das palavras...

Resenha – Um Acordo e Nada Mais, de Mary Balogh – Editora Arqueiro

Um acordo e nada mais Título: Um Acordo e Nada Mais (The Arrangement)
Série: Clube dos Sobreviventes 02     
Autor: Mary Balogh
Editora: Arqueiro
Sinopse: Embora Vincent, o visconde Darleigh, tenha ficado cego no campo de batalha, está farto da interferência da mãe e das irmãs em sua vida. Por isso, quando elas o pressionam a se casar e, sem consultá-lo, lhe arranjam uma candidata a noiva, ele se sente vítima de uma emboscada e foge para o campo com a ajuda de seu criado. No entanto, logo se vê vítima de outra armadilha conjugal. Por sorte, é salvo por uma jovem desconhecida. Quando a Srta. Sophia Fry intervém em nome dele e é expulsa de casa pelos tios sem um tostão para viver, Vincent é obrigado a agir. Ele pode estar cego, mas consegue ver uma solução para os dois problemas: casamento. Aos poucos, a amizade e o companheirismo dos dois dão lugar a uma doce sedução, e o que era apenas um acordo frio se transforma em um fogo capaz de consumi-los.



!Banner Resenha - Um Acordo e Nada Mais     
Essa é a segunda série que a Editora Arqueiro publica da autora Mary Balogh, e digo logo para vocês, essa autora é maravilhosa! A primeira série publicada foi Os Bedwyn, composta por seis livros lindos e com histórias de fazer tremer nossos corações. Todos os livros já foram publicados e você encontra eles na site da editora e a resenha do primeiro livro Ligeiramente Casados, você encontra aqui.

A segunda série chamada Clube dos Sobreviventes vai contar a história de um grupo de amigos que sobreviveu a guerra e que se uniram para tentar se recuperar dos problemas que a guerra deixou em cada um deles. Todo ano esses amigos se encontram na Cornualha, em Penderris Hall, propriedade de George Crabbe que também tem sua cota de sofrimento.

Esse é o segundo livro e temos a história de Vincent, o visconde Darleigh, ele é mais um membro do Clube dos Sobreviventes, que quando jovem seguiu para guerra, mas sua carreira militar foi bastante breve e Vincent acaba voltando cego para casa. Todos seus sonhos, desejos e planos foram postos de lado… Ele precisa se adaptar e sua família faz questão de cuidar dele com um zelo excessivo, quase sufocante e, para completar, tentam arrumar belas jovens para casar com ele.
Desesperado com tudo aquilo, e em busca de paz e tranquilidade, Vincent foge para o local onde cresceu, mas seus planos vão por água abaixo quando a cidade o recebe em festa, e ele nem imagina que uma família tem planos para fisga-lo. É nesse momento que conhecemos Sophia Fry, uma moça simples, praticamente invisível por todos, porque depois da morte de seu pai, ela passou a viver de casa em casa de parentes que praticamente a ignoraram e a trataram com desprezo, passando muitos anos vivendo nesse tipo de ambiente o que afetou muito a sua auto estima. Quando ela descobre que o tio e a prima estão armando um plano para ammarar Vincent em um casamento, Sophia sai em seu socorro, e o salva, estragando os planos do tio e por conta disso ele a expulsa de casa e Sophie fica totalmente sozinha no mundo.

Vincent acaba descobrindo o que aconteceu com Sophia e decide ir a seu encontro, resovendo fazer-lhe uma proposta de casamento, um acordo, onde ambos se ajudariam e dariam apoio um ao outro. Mas o que era para ser um simples acordo, acabou se tornando algo mais, os sentimentos foram surgindo e se intensificando cada vez mais, tornando o casamento real.

!Imagem para postegm

Acredito que Sophia tenha se apaixonado por Vincent assim que o viu, mas não entendeu muito bem seus sentimentos, por isso ela saiu em seu socorro, a centelha da paixão já estava lá e por outro lado Vincent também sentiu a mesma coisa, por isso foi a procura dela e sugeriu o acordo. Ambos já estavam na sintonia do amor, só não sabiam muito bem como aumentar o som desse amor, mas com calma eles descobriram a harmonia perfeita.

Mary Balogh acerta novamente nessa história de época, contando um história parecida com Cinderela, que foi encontrando seu caminho e descobrindo como o mundo poderia ser bem melhor longe de pessoas maldosas. O romance é suave, delicado e sem grandes reviravoltas, acompanhamos a superação dessas duas pessoas, suas dificuldades, suas conquistas, as mudanças e como as pessoas podem, em meio a tantas dificulades, dar a volta por cima, encontrar o amor e mudar de vida, mesmo quando eles achavam que nada mais poderia ser diferente.

Uma bela história de dois sobreviventes.

Na finalzinho do livro temos o primeiro capítulo do próximo livro, Uma Loucura e Nada Mais, que deixou aquele gostinho de quero mais!
Estou bem curiosa para ler o próximo livro dessa série Smile     

Vamos falar um pouco da parte técnica do livro?

Na capa temos a imagem de uma moça com roupa de época, em um recorte que remete a lembrança de um camafeu. A capa é toda fosca com aplicação de verniz (brilho) no título do livro, na foto e no nome da autora. A diagramação interna é simples, mas muito bem cuidada. As páginas foram impressas em papel off-white, o que suaviza a leitura e não cansa os olhos. O livro possui 304 páginas divididas em 22 capítulos e o primeiro capítulo do terceiro livro Uma Loucura e Nada Mais. Parabéns para a editora Arqueiro pelo belo trabalho.

Os livros da série Clube dos Sobreviventes são:
1 – Uma Proposta e Nada Mais (The Proposal) (Gwen e Hugo)
1.5 – The Suitor
2 – Um Acordo e Nada Mais (The Arrangement)
3 – Uma Loucura e Nada Mais (The Escape)
4 – Only Enchanting
5 – Only Promise
6 – Only a Kiss
7 – Only Beloved

Capas estrangeira:
15797358250x15998206


Mary BaloghSobre a autora: Mary Balogh nasceu e foi criada no País de Gales. Ainda jovem, se mudou para o Canadá, onde planejava passar dois anos trabalhando como professora. Porém ela se apaixonou, casou e criou raízes definitivas do outro lado do Atlântico. Sempre sonhou ser escritora e tinha certeza de que, no dia em que escrevesse um livro, ele seria ambientado na Inglaterra do Período da Regência. Quando sua filha mais nova tinha 6 anos, Mary finalmente encontrou tempo para se dedicar ao antigo sonho. Depois de três meses escrevendo na mesa da cozinha, a primeira versão de sua obra de estreia estava pronta. Publicada em 1985, deu a Mary o prêmio da Romantic Times de autora revelação na categoria Período da Regência. Em 1988, depois de vinte anos de magistério, ela passou a se dedicar apenas aos livros.
Hoje Mary Balogh é presença constante na lista de mais vendidos do The New York Times e vencedora de diversos prêmios literários.
Arqueiro_parceria_thumb2

#EscutaEssaTirinha‬ 0141 – Dia da leitura


Dia de 12 de Outubro é o dia da leitura e o dia da criança, dia de sonhar juntinho...

Sorteio – Aniversário de Blog Amigo



Vários blogs se reuniram para comemorar o aniversário do blog Entre Páginas, que está comemorando três aninhos.  E para festejar em grande estilo, trouxemos sorteios para vocês! Serão 2 ganhadores, e cada um deles levará 4 livros para casa!
Confiram as regras e boa sorte!

Resenha – Uma Proposta e Nada Mais, de Mary Balogh – Editora Arqueiro

Uma proposta e nada mais
Título: Uma Proposta & Nada Mais (The Proposal)
Série: Clube dos Sobreviventes 01
Autor: Mary Balogh
Editora: Arqueiro
Sinopse: Após ter tido sua cota de sofrimentos na vida, a jovem viúva Gwendoline, lady Muir, estava mais que satisfeita com sua rotina tranquila, e sempre resistiu a se casar novamente. Agora, porém, passou a se sentir solitária e inquieta, e considera a ideia de arranjar um marido calmo, refinado e que não espere muito dela. Ao conhecer Hugo Emes, o lorde Trentham, logo vê que ele não é nada disso. Grosseirão e carrancudo, Hugo é um cavalheiro apenas no nome: ganhou seu título em reconhecimento a feitos na guerra. Após a morte do pai, um rico negociante, ele se vê responsável pelo bem-estar da madrasta e da meia-irmã, e decide arranjar uma esposa para tornar essa nova fase menos penosa. Hugo a princípio não quer cortejar Gwen, pois a julga uma típica aristocrata mimada. Mas logo se torna incapaz de resistir a seu jeito inocente e sincero, sua risada contagiante, seu rosto adorável. Ela, por sua vez, começa a experimentar com ele sensações que jamais imaginava sentir novamente. E a cada beijo e cada carícia, Hugo a conquista mais – com seu desejo, seu amor e a promessa de fazê-la feliz para sempre.


!Banner Resenha - Na praia
Essa é a segunda série que a Editora Arqueiro publica da autora Mary Balogh, e digo logo para vocês, essa autora é maravilhosa! A primeira série publicada foi Os Bedwyn, composta por seis livros lindos e com histórias de fazer tremer nossos corações. Todos os livros já foram publicados e você encontra eles na site da editora e a resenha do primeiro livro Ligeiramente Casados, você encontra aqui.

A segunda série chamada Clube dos Sobreviventes, vai contar a história de um grupo de amigos que sobreviveu a guerra e que se uniram para tentar se recuperar dos problemas que a guerra deixou em cada um deles. Todo ano esses amigos se encontram na Cornualha, em Penderris Hall, propriedade de George Crabbe que também tem sua cota de sofrimento.

Nesse primeiro livro temos a história de Hugo Emes, filho de um comerciante que resolve entrar para o exército, deixando o seu pai bem triste com essa escolha. Após a guerra, Hugo volta como um herói, mas ele não está muito contente com nada disso e resolve ficar recluso em sua propriedade. Após a morte de seu pai, ele herda toda a fortuna e também a responsabilidade de cuidar da madrasta e da meia-irmã.
Agora ele precisa cuidar de tudo e ainda honrar a promessa que fez ao pai, uma promessa nada fácil, pois ele precisa se casar e ele não tem nenhuma pretendente em vista.
Em meio a esse momento complicado de sua vida, Hugo vai para Penderris Hill e quando está dando uma volta, presencia uma jovem dama se acidentando, ele prontamente a ajuda e a leva para a mansão, o médico aconselha que seja feito repouso absoluto e nossa querida Gwen é convidada a ficar na mansão.

Gwendoline Greyson, lady Muir, está viúva a sete anos e mesmo tendo passado todo esse tempo, ela não se sente atraída por ninguém, leva uma vida calma e tranquila ao lado da sua mãe, mas lá no fundo do seu coração Gwen sente que falta alguma coisa, mas não sabe bem o que… Talvez se ela se casasse novamente com um aristocrata fino e pacato tudo voltaria ao normal. Mas com quem?
Em meio aos seus dias tranquilos Gwen recebe a notícia que sua amiga Vera enviuvou recentemente, então decide passar alguns dias com ela, para dar um pouco de apoio. A visita não foi muito bem como imaginou e Vera acaba se mostrando bem difícil, fazendo com que Gwen se arrependa de ter feito a viagem. Durante uma caminhada para distrair um pouco a cabeça, Gwen acaba se acidentando e sendo socorrida por um belo homem chamado Hugo.

Está aí o nosso casal <3

!Imagem para postegm2

Gwen e Hugo vem de mundos diferentes, Gwen é uma bela e educada aristocrata, acostumada com ambientes refinados e nobres. Hugo, por outro lado, é filho de comerciante, possui um jeito sério e carrancudo, e despreza a aristocracia. Ambos não combinam em quase nada, e estão em busca de pessoas completamente diferentes, o problema é explicar isso para o coração.

O livro é uma graça, os personagens se estranham e se gostam, lutam e relutam contra os sentimentos, não combinam, mas a química entre eles diz o contrário e apesar de todos os conflitos, eles acabam se aproximando. Esquecem as diferenças sociais, superam seus medos, seus receios e acabam por se desejarem cada vez mais, mesmo que tudo indique que não seria possível esse relacionamento, o amor acaba vencendo!

Gostei bastante e recomendo! Estou bem curiosa para ler o próximo livro dessa série Smile

Vamos falar um pouco da parte técnica do livro?
Na capa temos a imagem de uma moça com roupa de época, em um recorte que remete a lembrança de um camafeu. A capa é toda fosca com aplicação de verniz (brilho) no título do livro, na foto e no nome da autora. A diagramação interna é simples, mas muito bem cuidada. As páginas foram impressas em papel off-white, o que suaviza a leitura e não cansa os olhos. O livro possui 272 páginas divididas em 24 capítulos e prólogo. Parabéns para a editora Arqueiro pelo belo trabalho.

Os livros da série Clube dos Sobreviventes são:
1 – Uma Proposta e Nada Mais (The Proposal) (Gwen e Hugo)
1.5 – The Suitor
2 – Um Acordo e Nada Mais (The Arrangement)
3 – Uma Loucura e Nada Mais (The Escape)
4 – Only Enchanting
5 – Only Promise
6 – Only a Kiss
7 – Only Beloved

Capas estrangeiras:
161421311896751612707039


Mary BaloghSobre a autora: Mary Balogh nasceu e foi criada no País de Gales. Ainda jovem, se mudou para o Canadá, onde planejava passar dois anos trabalhando como professora. Porém ela se apaixonou, casou e criou raízes definitivas do outro lado do Atlântico. Sempre sonhou ser escritora e tinha certeza de que, no dia em que escrevesse um livro, ele seria ambientado na Inglaterra do Período da Regência. Quando sua filha mais nova tinha 6 anos, Mary finalmente encontrou tempo para se dedicar ao antigo sonho. Depois de três meses escrevendo na mesa da cozinha, a primeira versão de sua obra de estreia estava pronta. Publicada em 1985, deu a Mary o prêmio da Romantic Times de autora revelação na categoria Período da Regência. Em 1988, depois de vinte anos de magistério, ela passou a se dedicar apenas aos livros.
Hoje Mary Balogh é presença constante na lista de mais vendidos do The New York Times e vencedora de diversos prêmios literários.

#EscutaEssaTirinha‬ 0140 – Dia do Sorriso


Dia de 5 de Outubro é o dia do sorriso, a melhor coisa pra iluminar nosso dia...