terça-feira, novembro 12, 2019

Resenha - Marionete, de Daniel Cole - Editora Arqueiro

Título: Marionete (Hangman)
Série Fawkes e Baxter 2
Autor: Daniel Cole
Editora: Arqueiro
Sinopse: Sua vida pode estar por um fio.
Muitos meses se passaram, mas a detetive Emily Baxter ainda lida com as cicatrizes do chocante caso Boneco de Pano e com o desaparecimento de seu amigo William Fawkes, o Wolf. Apesar da relutância em se envolver em outra investigação horrenda, ela é convocada para uma reunião com o FBI e a CIA, onde é surpreendida com fotografias macabras de um corpo retorcido em uma pose familiar, pendurado na ponte do Brooklyn, com a palavra “isca” entalhada no peito. Logo em seguida, uma nova vítima surge em condições idênticas. Só que, dessa vez, o corpo do assassino também se encontra na cena do crime, com a palavra “marionete” entalhada no tórax. Quando a pressão da mídia e da opinião pública se intensifica, Baxter recebe a ordem de cruzar o Atlântico e ajudar na investigação. Enquanto as mortes se multiplicam tanto em Nova York quanto em Londres, a força-tarefa se vê impotente e Baxter precisa vencer o medo que a paralisou no último ano para impedir o sacrifício de mais vidas.



Boneco de Pano é o primeiro livro de Daniel Cole e quem já leu, sabe que a trama é muito boa e que com certeza não pode deixar de ler o segundo livro, Marionete! O ideal é que leia na ordem, pois o segundo livro tem spoiler da primeira história e complementa outras coisas. A trama de Marionete segue o mesmo ritmo do primeiro livro, mortes brutais, um assassino e a detetive Emily Baxter querendo resolver o caso. Então vocês já fazem ideia do ótimo livro que vem aí né?

Emily Baxter é a nossa detetive e protagonista dessa trama, em Boneco de Pano as luzes estavam focadas em William Fawkes, e agora Emily é que estará em evidência (que bom, mas a coitada nem bem se recuperou de Boneco de Pano, e já está investigando outro caso bizarro). Emily vai se deparar com um caso bem horripilante, um homem foi morto e está pendurado em uma ponte por fios e no seu peito está entalhado a palavra "isca" e para deixar a situação ainda mais esquisita, no dia seguinte o assassino é encontrado morto com a palavra "marionete".

Outros casos vão surgindo, tudo seguindo a mesmo modus operandi, o corpo sendo encontrado com a palavra "isca" e depois o seu assassino com a palavra "marionete", tudo indicando que o assassino tenha se suicidado. A CIA e o FBI está relacionando o caso com o do Boneco de Pano,  e por isso que a Emily foi chamada para ajudá-los.

"Ele acha que pode se esconder de nós. Está errado. Acredita que é mais esperto do que nós. Também está errado. Nenhum de nós irá descansar até termos esse desgraçado algemado na nossa frente."

As mortes vão aumentando e ficando cada vez mais horríveis, (em alguns momentos temos que ter estômago), o pessoal que está trabalhando no caso precisa agir rápido para encontrar o verdadeiro responsável por essas mortes, porém, mesmo seguindo as pistas, focando nos pequenos detalhes, tudo fica bem complicado quando os assassinos também morrem...



As cenas são bem viscerais e intensas, deixando algumas passagens do livro bem tensas, mas temos um pouco de humor negro, para quebrar todo esse sangue derramado.

Gostei muito de ver a Emily em foco, saber um pouco mais sobre a sua vida, o seu jeito de não conseguir confiar muito em ninguém, de como ela se sente no meio de mais um caso bizarro e ver como ela vai lidar com tudo isso. Edmunds também está presente nessa história, o que eu achei muito bom! Acho que Edmunds e Emily fazem uma excelente dupla.

Gostei muito da trama, não via a hora de descobrir quem estava por trás de todas essas mortes, quem era a mente diabólica. A leitura fluiu bem, me surpreendeu positivamente, tem uma levada um pouco diferente, mas achei bem interessante e válida. Para quem gosta de um bom thriller policial, com certeza vai gostar muito dessa história.

Vamos falar um pouco da parte técnica do livro? 
A capa é toda fosca com aplicação de verniz (brilho) no título do livro e no nome do autor. A diagramação interna é graciosa e muito bem cuidada. As páginas foram impressas em papel off-white, o que suaviza a leitura e não cansa os olhos. O livro possui 352 páginas divididas em quarenta capítulos, epílogo, agradecimentos e autor: perguntas e respostas.

Parabéns para a editora Arqueiro pelo belo trabalho.

Capas internacionais:
   

Gostou dessa história?
Baixe um trecho
Comprar

Sobre o autor: Aos 33 anos, Daniel Cole já trabalhou como paramédico, foi oficial da Real Sociedade Protetora dos Animais e membro da Guarda Costeira Real, sempre imbuído do desejo de salvar pessoas – ou talvez movido pela culpa de ter matado tantos personagens em seus textos. Boneco de pano é seu primeiro livro, escrito originalmente como piloto para uma série de TV, e, nos primeiros dias após o lançamento no Reino Unido e na Holanda, já foi direto para as principais listas de mais vendidos. Ele vive em Bournemouth, na Inglaterra.

segunda-feira, novembro 11, 2019

#EscutaEssaTirinha‬ 0198 – Livro que não sai da cabeça


Sabe aquele livro que você lê e não consegue tirar da cabeça? Qual foi o seu mais recente?

segunda-feira, novembro 04, 2019

quinta-feira, outubro 31, 2019

Sorteio de Halloween no Instagram

Vários Instagrams se reuniram para comemorar o Halloween e preparamos um sorteio pra lá de legal no Instagram do Doces Letras (Instagram oficial do sorteio: @docesletras)
São 5 livros e apenas 1 vencedor!
Se você curte literatura de suspense e terror, esta é sua oportunidade de receber cinco super livros na sua casa! Basta cumprir as regras e se jogar!⠀

📚Livros: Quem Era Ela, Lenda Urbana, O Vampiro Imperador, Serpentário e Elevador 16: AS Crônicas dos Mortos⠀

📣Vamos conferir as regras? 
⠀- Ter endereço de entrega no Brasil⠀
⠀- Seguir todos os Instagrams abaixo:⠀

@docesletras
@livrosencantos
@falandodoqueli
@booksatnoon
@escutaessa

- Deixar o seu perfil desbloqueado no dia do sorteio.⠀
- Marcar três amigos por comentário. Pode marcar quantas vezes quiser na postagem oficial do sorteio (@docesletras). Só não pode marcar perfis fakes, famosos, comerciais e de sorteios

💬O Sorteio começa hoje, 31/10/2019 e termina às 24h do dia 30/11/2019.
O resultado será postado no perfil do Instagram do Doces Letras em até cinco dias após o fim do sorteio. ⠀
💬O sorteado terá o prazo de 48 horas para enviar seus dados para o e-mail: blogdocesletras@gmail.com ou novo sorteio será realizado.⠀
💬Prazo para envio: os livros serão enviados pelos Instagrams participantes em até 60 dias após o resultado do sorteio. Sabendo que os livros podem chegar em datas diferentes, já que serão enviados por pessoas diferentes.⠀

⚠Não nos responsabilizamos por danos ou extravios dos correios. Não faremos novo envio sob nenhuma hipótese. ⠀

Preencheu corretamente e seguiu as regrinhas, então você já está participando!

!! Boa Sorte!! 
🤩

terça-feira, outubro 29, 2019

Resenha - Volta para Casa, de Harlan Coben - Editora Arqueiro


Título: Volta para Casa (Home)
Série Myron Bolitar
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Sinopse:
Dez anos atrás, dois meninos de 6 anos foram sequestrados enquanto brincavam na casa de um deles, uma mansão em um bairro elegante de Nova Jersey. Mas, após o pedido de resgate, as famílias nunca mais tiveram notícias dos sequestradores nem de seus filhos. Agora, Myron Bolitar e seu amigo Win acreditam ter localizado um deles, o adolescente Patrick, e farão de tudo para resgatá-lo e obter as respostas pelas quais todos anseiam:
O que aconteceu no dia em que foram raptados?
Onde ele esteve durante todo esse tempo?
E, o mais importante, onde está Rhys, seu amigo ainda desaparecido? Após cinco anos sem escrever nenhum livro da série Myron Bolitar, Harlan Coben brinda os leitores com Volta para casa, um suspense explosivo, como só o seu talento pode criar. Um thriller profundamente comovente sobre amizade, família e o verdadeiro significado de lar.

Volta para Casa faz parte da série Myron Bolitar, escrita pelo autor Harlan Coben e publicado pela Editora Arqueiro. Esse é o décimo primeiro livro da série, e mesmo não tendo lido alguns dos livros anteriores da série, consegui entender bem a história central, mas acho interessante ler na ordem (apesar de não ter feito isso) porque você vai sabendo coisas sobre os personagens fixos que aparecem sempre na série. Alguns livros eu ganhei e outros eu comprei, então acabei lendo alguns fora da ordem (acabei fazendo uma baguncinha), mas agora que já tenho todos vou ler tudo na ordem certinha, pois essa é a série do famoso detetive Myron Bolitar, que eu tanto gosto.

Adoro os livros do Harlan Coben, ele tem aquele toque bem francês de contar uma história, repleta de detalhes, reviravoltas e situações inesperadas, e ainda sendo um enredo policial, é claro que fui fisgada de imediato pela leitura.

A trama apresentada por Harlan Coben vai contar a história do desaparecimento de dois meninos, Rhys Baldwin e Patrick Moore que sumiram há dez anos atrás, ambos na época tinham seis anos e estavam na casa próprio Rhys, sob os cuidados de uma babá. A babá foi encontrada amarrada e os meninos desapareceram, não encontraram nenhuma pista, eles simplesmente sumiram.

Após dez anos, Win que é primo da mãe de Rhys, recebe uma pista de onde ele pode encontrar os meninos, que agora estão adolescentes, com seus dezesseis anos. Ao seguir a pista, Win é levado para uma área de prostituição de Londres e após algumas confusões e conflitos Win consegue salvar Patrick, que se encontra ferido.

"Não sou um sujeito dado a histerias ou sobressaltos. Já vi muita coisa nesses meus 40 e tantos anos de vida. Quase fui morto mais de uma vez. E já matei. Já presenciei desgraças que muitos achariam indigestas, se não inimagináveis, e alguns me apontariam como responsável por outras tantas desgraças de igual quilate. Ao longo do tempo, aprendi a controlar as emoções em situações de risco ou perigo. Não só as emoções, mas principalmente, as reações. Posso até atacar com rapidez e violência, mas nunca sem saber com exatidão o que estou fazendo."
(pág. 07)

O caso ainda não está resolvido, Win e Myron estão em busca de Rhys, e querem a todo custo descobrir o que realmente aconteceu naquele fatídico dia do desaparecimento dos meninos.
Com a volta de Patrick, a família dele não parece muito disposta a ajudar em nada, deixando Win e Myron seguirem com as suas buscas.

A história é arrebatadora e tem um final surpreendente, daquele que só o Harlan Coben sabe fazer, você fica colado ao livro, tentando desvendar o desfecho dessa trama e quando ele finalmente vem... Uau ele realmente nos impressiona com a sua reviravolta!
Um livro impactante, que super recomendo!

Gostou dessa história?
Baixe um trecho
Comprar

Vamos falar um pouco da parte técnica do livro?
A capa é bem interessante com uma foto em close dos pés de uma pessoa que está andando e  aplicação de verniz. O título do livro e o nome do autor está em auto relevo. A diagramação é caprichada e bem cuidada. As páginas foram impressas em papel creme, o que suaviza a leitura e não cansa os olhos, com tipologia adequada o que facilita a leitura. O livro possui 304 páginas divididas em 36 capítulos, epílogo e agradecimentos.
Parabéns editora Arqueiro pelo belo trabalho.

Série Myron Bolitar
1. Quebra de Confiança
2. Jogada Mortal
3. Sem Deixar Rastros
4. O Preço da Vitória
5. Um Passo em Falso
6. Detalhe Final
7. O Medo Mais Profundo
8. A Promessa
9. Quando Ela Se Foi
10. Alta Tensão
11. Volta Pra Casa

Book Trailer:



Sobre o autor: Harlan Coben é autor de mais de 15 livros e vencedor de diversos prêmios – sendo o único escritor a ganhar o Shamus, o Anthony e o Edgar Allan Poe.
Aclamado pela crítica, seus últimos lançamentos chegaram ao topo das listas de mais vendidos dos principais veículos de comunicação do mundo, como The New York Times, The London Times, Le Monde, Publisher’s Weekly e USA Today. Os livros de Coben já foram traduzidos para mais de 20 idiomas. Atualmente o autor vive com a mulher e os quatro filhos em Nova Jersey.

segunda-feira, outubro 28, 2019

#EscutaEssaTirinha‬ 0196 – Escrevendo poesia


Naquele momento de inspiração, quem nunca escreveu pelo menos um versinho?