Entrevista com a autora Isa Colli


entrevistas
A editora Baldon disponibilizou para o blog Escuta Essa uma ótima entrevista com Isa Colli, autora do livro “Um amor, um verão, e o milagre da vida”.

Entrevista com Isa Colli:
Isa Colli








Como começou na carreira de escritora? 
Primeiro amo ler. Desde muito pequena que os livros exercem um poder quase mágico de domínio sobre mim. De certo ponto de vista, considero as figuras imaginárias mais relevantes e verdadeiras que as reais, e quem não concorda que uma boa leitura é, e sempre será, uma fonte inesgotável de prazer?   Foi pela satisfação da leitura que comecei escrever. Primeiro em diários, depois nos cadernos escolares ou em qualquer papel que encontrasse e coubessem alguns versinhos. (risos).
O que vivenciou até editar o seu primeiro livro e o que motivou essa publicação? Bem, nunca tive a pretensão de publicar os meus escritos. Porém, durante o tempo em que estive doente, escrevia e escrevia poesias, o que ajudou bastante na minha recuperação. Logo depois, resolvi escrever o romance “Um amor, um verão, e o milagre da vida” e em seguida publicá-lo, com o firme propósito de alcançar os jovens, prevenindo-os sobre os perigos invisíveis das doenças crônicas.  


E como foi a emoção ao ver o seu livro editado? 
Alcançar o resultado positivo de um trabalho é como receber nos braços, um filho.  Aflora os sentimentos mais profundos da alma de qualquer escritor e comigo não foi diferente.
Muito se fala sobre a questão dos direitos autorais e a internet, e esta é uma discussão de âmbito global. Qual é a sua opinião sobre isso? 
Esse é um assunto extenso na amplitude da palavra. Penso que a internet é uma ferramenta incrível, que entre outras coisas, permite a distribuição em larga escala de qualquer informação. Esse fator dificulta a fiscalização sobre obras literárias ou textos, principalmente em se tratando de blogs pessoais e sites menores. É muito comum plagiar textos de autores anônimos pela internet. Eu mesma passei por essa experiência com o poema “Saudade” que depois de postado no meu blog pessoal, circulou e circula até hoje no Orkut sem nenhuma citação ou referência de autoria.  Acho que precisamos criar um mecanismo mais eficiente de proteção à propriedade intelectual, produzindo mais informações sobre o direito de uso, o direito de distribuição e a exploração comercial das obras pela internet.
Como você retrata a literatura no século XXI? 
Uma forte controvérsia. Sabemos que os livros registram a história de um povo, que através dela é difundida a sabedoria humana, a cultura, a educação, e mesmo assim, rejeitamos a leitura presenteando os nossos filhos com vídeos-games, jogos de tudo que é tipo, raramente nos lembrando de conduzi-los a uma boa livraria.  Vivemos no auge da tecnologia e ainda fazemos pouco uso dessas ferramentas em favor da ressurreição do hábito da leitura, não só como instrumento de aprendizagem, mas prioritariamente como veículo de prazer.
Considera-se um escritor de sucesso? 
Um projeto é considerado bem sucedido quando é desenvolvido dentro das expectativas de tempo, não importando se esse tempo for de apenas um dia ou de uma vida inteira. Sendo assim, considero-me uma escritora em busca dele, eliminando calmamente todas as etapas, sem pressa, mas com muita determinação.
Como avalia as novas tecnologias e a transformação do livro? 
Para mim, o conceito de tecnologia vai além dos eletroeletrônicos, computadores, vídeos, softwares e Internet. Tecnologia envolve aprendizado, gestos, vocabulário e claro, a evolução da comunicação. O livro, a revista e o jornal ainda são elementos fundamentais para a aprendizagem, mas, estamos em tempos de cibercultura na chamada Sociedade da Informação, aonde processos de aquisição do conhecimento assumem um papel de destaque, exigindo mais criatividade, mais capacidade de pensar e de aprender. Finalizando, em minha opinião, a transformação tecnológica como ferramentas de auxílio da leitura, muda todos os paradigmas no contexto do conhecimento.
Como surgiu o convite para editar com a Emooby? 
A editora conheceu o meu trabalho através da internet, enviou uma proposta interessante e daí, entrei para o seu casting.

Como relata o trabalho da EMOOBY e qual a sua opinião sobre o desempenho da empresa?
Acho que a Emooby é uma empresa visionária avançando a passos largos rumo ao sucesso, com a larga vantagem de saber trabalhar em grupo e de respeitar a integridade do seu profissional.

10 comentários:

  1. Adorei e entrevista.
    Muito legal
    Bjs
    Carla

    ResponderExcluir
  2. Uma entrevista realmente bem elaborada, com respostar muito interessante, bom demais pq ficamos conhecendo um pouco mais sobre a autora. Adorei .*.*

    Beijinhos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  3. Boas perguntas!!!
    Achei a autora uma pessoa muito pé no chão e esclarecida.
    Muito legal, parabéns por mais essa, bjos

    ResponderExcluir
  4. Eu estou começando a ter o habito de ler. espero que futuramente eu escreva um livro, talvez uma auto biografia... =)

    ResponderExcluir
  5. Muito legal a entrevista. Gostei.
    Uma ótima sexta!
    Bjus
    Rafaelando

    ResponderExcluir
  6. A entrevista tá realmente muito³ bem elaborada. As perguntas são bem "centradas" e as respostas estão ótimas. É legal conhecer um autor de uma forma mais pé no chão, sem aquelas perguntas bobinhas e sem foco que alguns locais disponibilizam, e que acabam passando a impressão que o autor é superficial.
    Enfim, adorei conhecer a Isa. (:

    taiyounorakuen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. ótima entrevista. Esse livro aparenta ser ótimo... beijos e ótimo fds.
    http://meuspreciosospes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi querida,

    Adoro ler entrevistas de quem publica o seu primeiro livro, pois é uma das três maiores realizações do homem, filho, livro e plantar árvore.

    No mai, fico feliz por ver outra escritora brasileira alcançado o lugar que merece.

    Beijos.
    Lu

    ResponderExcluir
  9. Adoro entrevistas e as perguntas foram muito legais, gostei de saber mais um pouco sobre a autora.

    Bjus
    Hanna

    ResponderExcluir
  10. Oi Renata!
    Adorei conhecer mais um talento nacional,a entrevista estava muito boa,parabéns.


    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir