Resenha – Proteja-me, Maya Banks

Título: Proteja-me – Trilogia Slow Burn, vol.1 Autora: Maya Banks
Editora: Gutenberg

Sinopse: Caleb Devereaux é um homem atraente, herdeiro de uma família rica e poderosa. Quando sua irmã caçula é sequestrada, ele tenta de tudo para encontrá-la, mas todos os esforços são em vão. A última esperança é Ramie St. Claire, uma jovem sensitiva de quem ouve falar, e que teria o poder de se conectar com pessoas localizando-as ao tocar em um objeto delas. Caleb conhece Ramie e instantaneamente os dois percebem que a atração entre eles é intensa. O que o milionário não imagina é que a habilidade da bela moça tem um alto preço: ela vivencia a dor de quem ajuda, e isso custa-lhe sua própria vitalidade. Por isso, depois de achar a sequestrada, Ramie desaparece da vista do rapaz. Ao mesmo tempo arrependido pelo sofrimento causado à jovem e profundamente fascinado por ela, ele tenta encontrá-la sem êxito. E quando pensa que Ramie havia partido para sempre, ela reaparece, e desta vez é ela quem pede ajuda. Seu dom a colocou em perigo e ela está sendo perseguida. Agora, Caleb vai fazer qualquer coisa para protegê-la, arriscando tudo, inclusive seu próprio coração.

Essa é a primeira obra que leio da Maya Banks e digo para vocês que fui surpreendida positivamente!
 
Não esperava uma história tão repleta de adrenalina e suspense como essa! Maya possui um ritmo maravilhoso, que prende o leitor com sua escrita ágil, descritiva e repleta de emoção, acreditando fortemente em seus personagens e seus poderes e guiando toda a trama de forma sublime. #FoiArrepiante!
Proteja-me é o primeiro livro da Trilogia Slow Burn, publicada pela editora Gutenberg.

Proteja-me conta a história de Ramie St. Claire, uma jovem que possui poderes especiais. Ela é uma sensitiva, consegue ver através dos olhos de outras pessoas e vagar pela mente delas a partir de algum objeto da pessoa.

Quando a irmã de Caleb Devereaux é sequestrada e ninguém consegue encontrá-la, ele decide sair em busca da sensitiva Ramie, pois ouviu dizer que ela é ótima em encontrar pessoas desaparecidas e Ramie é a sua última alternativa. Quando finalmente Caleb consegue encontrá-la, Ramie não quer mais fazer essas coisas, está reclusa e diz que não pode ajudá-lo, mas em desespero e sem ter alternativa, Caleb coloca nas mãos de Ramie a echarpe de sua irmã Tori. Ramie tenta se desvencilhar, mas Caleb não deixa e segura firmemente a echarpe nas mãos de Ramie. Caleb presencia tudo e fica chocado com  a cena que assiste, Ramie consegue fornecer o local exato onde Tori está e Caleb finalmente consegue encontrar a irmã.

Após todos esses acontecimentos Caleb não consegue tirar Ramie de seus pensamentos e tenta a todo custo encontrá-la, mas sem sucesso. Um ano depois Caleb recebe uma ligação de Ramie pedindo sua ajuda, agora é o momento de retribuir o que Ramie tinha feito pela sua irmã. Caleb vai ao encontro de Ramie, que no momento precisa de proteção pois está sendo perseguida por um louco. O encontro dos dois vai reacender o instituto de proteção de Caleb, que quis protege-la desde a primeira vez em que a viu, mas esse sentimento vai se tornar algo maior envolvendo ambos em uma paixão inesperada. #CalebÉTudoDeBom

"E o que você quer exatamente?", ela sussurrou.
"Você, Ramie. Eu quero você!" "
(pág. 74)

A história se desenvolve de forma pungente, nos envolvendo em uma nuvem de veracidade onde passamos a acreditar, sentir, torcer e se emocionar a cada momento. Os personagens são fortes, assim como a maioria das cenas o que faz com que nos importemos com todos eles, do início ao fim. A sensação que tive é que a autora escreveu esse livro em um só fôlego, deixando a gente com a respiração suspensa todo o tempo.
Gostei muitíssimo da história e de como a autora deu credibilidade aos personagens e a todo o enredo.
Que venha logo o segundo livro!

Próximos livros: 
Salve-me – Vol. 02
Descubra-me – Vol. 03



Vamos falar um pouco da parte técnica do livro?
A capa é fosca e possui aplicação de verniz no nome da autora.  A diagramação é caprichada e bem cuidada. As páginas foram impressas em papel Pólen Bold 70g/m2 (creme), o que suaviza a leitura e não cansa os olhos, com tipologia Electra. O livro possui 240 páginas divididas em 39 capítulos.
Parabéns para a editora Gutenberg pelo belíssimo trabalho.

Capas:









Sobre a autora: É autora best-seller # 1 do USA Today e do The New York Times. Ela já lançou mais de 50 títulos, em várias séries de muito sucesso, que já foram publicados em 25 países e venderam mais de 2 milhões de exemplares, sendo uma das mais bem-sucedidas autoras da atualidade nos gêneros em que escreve: romances eróticos, contemporâneos, históricos e de suspense. Ela mora no sul dos Estados Unidos com o marido, três filhos e seus muitos animais de estimação. É uma ávida leitora de romances e adora falar deles com seus fãs e amigos. Adora viajar pelo mundo e interagir com seus leitores nas redes sociais, nas quais é bem presente.

18 comentários:

  1. Pra você ver como a gente é preconceituosas com a capa. rsrs
    Quando olhei a capa pela primeira vez, achei que se tratava de mais um erótico, estou meio cansada de estilos 50 tons, nem me esforcei pra ler a sinopse! Eis que sua resenha veio pra esclarecer. Um Thriller de suspense e muita adrenalina. Adorei!
    Parabens pela resenha.
    Ni
    Cia do Leitor
    Tem resenha nova no Cia! http://ciadoleitor.blogspot.com/2015/06/resenha-sobreviventes-de-james-phelan.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ni
      Pois é as vezes a gente faz isso mesmo, imaginamos a história só olhando a capa... Mas esse livro é muito bom! A Maya escreve muito bem, vai direto ao ponto, não fica enrolando.

      Excluir

  2. Maya Banks é QUINTHURAAAAA e sim ela escreve em um ritmo alucinante, não gosta de enrolada, os casais dela também são assim. Os caras são protetores e as mocinhas se decidem se aceitam esses termos ou não. Não é uma autora que goste de muito mimimi... Não é que eu não curta um drama, mas as vezes isso cansa a minha beleza nos romances.

    Eu li os primeiros capitulos de "Proteja-me" há alguns meses em uma livraria, desde então estou louca para chegar ao fim do livro.

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pandora
      Fiquei apaixonada pela forma como a Maya escreve as histórias dela, muito bom mesmo! Li esse livro rapidinho

      Excluir
  3. Parabéns pela sua resenha, me convenceu a ler esse livro. Eu imaginava algo totalmente diferente olhando a capa e o titulo hehe. Me lembrou os livros da Hannah Howell que amo. Ainda não li nada da autora e espero gostar.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil
      Eu também não tinha lido nada dela e acho que comecei pelo livro certo rsrsrs. Muito bom mesmo, ela faz tudo parecer super real.

      Excluir
  4. Oie!
    Eu comprei o ebook desse livro, mas como todos os que eu compro, sempre deixo para depois o.o
    Já li alguns livros da Maya, e não tenho o que reclamar, a mulher é ótima!
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla
      Realmente ela é muito boa mesmo, adorei esse primeiro livro e já estou aflita para ler o segundo :D

      Excluir
  5. Oi Re! Eu li outro livro dela e não curti, mas este aqui tem uma premissa diferente e por isso resolvi tentar ler algo dela de novo, espero curtir.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida,
      Esse foi o primeiro livro que li da Maya e gostei bastante.
      Fiquei curiosa agora... qual livro dela que você não curtiu?

      Excluir
  6. Oi Renata, tudo bem?
    Sou suspeita quando se trata da Maya... Sou fã da autora e até hoje gostei de todos os livros dela que li. Estou doidinha para conferir este.
    Ótima resenha. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lia
      Acho que eu estava marcando touca, né? Ainda não tinha lido nada dele e esse é o primeiro livro que leio e adorei!!
      Agora quero ler tudo rsrs

      Excluir
  7. Oi Re, sua linda, tudo bem?
    Nossa!!!!! Que resenha!!!!!!! Seu texto está super intenso, e fiquei tão nervosa, você me jogou na história e me deixou tonta. Não é a primeira a elogiar essa obra, não tenho nem o que falar a não ser: eu quero o Caleb para mim!!!!!! Adoro sobrenatural, mas achei esse especial, pois ela é sensitiva, e não um ser mágico. E com seu dom, pode ajudar muitas pessoas e ao mesmo tempo se colocar na mira de assassinos. Amei!!!! Não vejo a hora de ler.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cila
      O livro realmente é muito bom, li super rápido e adorei cada página!

      Excluir
  8. Oi Re.
    Eu associo o nome Maya Banks a um enredo hot, não imaginava que Proteja-me tinha essa pegada sobrenatural, e ainda com personagens bem caracterizados e marcantes.
    Essa é a minha oportunidade de conhecer a autora.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paty
      Eu também tinha a mesma ideia, pensei que seria mais do mesmo no enredo hot, e para a minha surpresa, o livro foi ótimo, com uma história espetacular, que deixa as emoções a flor da pele.

      Excluir
  9. Olá Renata,

    Sempre leio comentários positivos desse livro, mas confesso que não me despertou interesse, que bom que você gostou...parabéns pela resenha.

    Beijos.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marco
      Se você tiver uma chance de ler esse livro, leia... acho que você vai gostar, o livro é bem intenso e parece até um filme. vale a pena ;)

      Excluir