Resenha - As Cores da Vida, Kristin Hannah

Escuta Essa Banner As Cores da VidaTítulo: As Cores da Vida
Autor: Kristin Hannah
Editora: Arqueiro
Sinopse:  As irmãs Winona, Aurora e Vivi Ann perderam a mãe cedo e foram criadas por um pai frio e distante. Por isso, o amor que elas conhecem vem do laço que criaram entre si. Embora tenham personalidades bastante diferentes, na verdade são inseparáveis. Winona, a mais velha e porto seguro das irmãs, nunca se sentiu em casa no rancho da família e sabe que não tem as qualidades que o pai valoriza. Mas, sendo a melhor advogada da cidade, ela está determinada a lhe provar seu valor. Aurora, a irmã do meio, é a pacificadora. Ela acalma as tensões familiares e se desdobra pela felicidade de todos – ainda que esconda os próprios problemas. E Vivi Ann é a estrela entre as três. Linda e sonhadora, tem o coração grande e indomável e é adorada por todos. Parece que em sua vida tudo dá certo. Até que um forasteiro chega à cidade..


Banner Resenha - - As Cores da Vida
As Cores da Vida conta a história das Irmãs Gray (Winona, Aurora e Vivi Ann). Elas perderam a mãe ainda muito jovens e tiveram que lidar com tudo isso sozinhas pois o pai era distante e sem muitos laços afetivos, assim elas se uniram e mantiveram-se fortes e inseparáveis.
Winona é a irmã mais velha, a melhor advogada da cidade, mas é a filha que o pai não valoriza muito e ela tenta sempre provar suas qualidades.
Aurora, é a irmã do meio, sabe esconder bem seus problemas e tenta sempre acalmar o clima tenso dos familiares. Pacificadora e sensível, Aurora sempre tenta manter tudo em harmonia e em paz.
Vivi Ann é a caçula, a mais bonita, sonhadora, valente e destemida, ela é adorada por todos e possui um grande coração. Apaixonada por cavalos, ela ajuda o pai na fazenda.

Temos então uma filha mais velha que tenta agradar o pai e ter seus esforços reconhecidos, do outro lado temos Vivi Ann que mesmo sem fazer esforço algum agrada o pai com uma facilidade enorme, o ajuda na fazenda e é o seu braço direito... Existe uma certa animosidade velada entre as irmãs, de um lado a perfeição e do outro o erro, a invisível, onde nada do que faz é motivo de atenção de pai e a outra que não precisa fazer nenhum esforço para ser perfeita e notada. No meio disso tudo, temos a Aurora, a pacificadora, que sempre tenta acalmar os ânimos. Apesar de todos os problemas, elas são unidas e inseparáveis, até começar a aparecer um rachadura na parede que protege a união dessas três irmãs, e ela se chama Dallas, um forasteiro recém chegado na cidade.

Dallas não é o par perfeito, pelo contrário, é exatamente o homem que poderá trazer grandes problemas para essa família tão frágil.

Competição, inveja, raiva, insegurança, palavras que magoam, atitudes que ferem e escolhas que podem mudar para sempre o rumo de uma vida. Vamos encontrar tudo isso nesse enredo que é um arco íris de emoções. Me parece que arco íris é a escolha perfeita para essa história, porque primeiro temos a tempestade e todos os problemas que ela traz e depois temos a calmaria, o brilho, as cores e a paz. Acho que essa é a sensação de ler esse livro.

“−Somos irmãs – repetiu Aurora. – Eu só queria lembrar vocês. Aconteça o que acontecer, independentemente das escolhas que fizermos – com isso o seu olhar voltou-se para Winona –, permaneceremos juntas."
(pág. 336)

Kristin Hannah nos traz uma história com uma grande carga emocional, doce e ao mesmo tempo amarga, voltada para a família e para as atitudes e a essência de cada membro dela. Comovente e bela, repleta de força e redenção, essa família vem para deixar sua marca em nossos corações.
Vamos falar um pouco da parte técnica do livro?
A capa possui aplicação de verniz (brilho) nas flores. A diagramação é caprichada e bem cuidada. As páginas foram impressas em papel creme, o que suaviza a leitura e não cansa os olhos, com tipologia adequada o que facilita a leitura. O livro possui 352 páginas divididas em 30 capítulos. Parabéns para a editora Arqueiro pelo lindo trabalho.

Capas: 

truecolors      418O-0w96LL._SX331_BO1,204,203,200_

Outras obras da autora:

"O Rouxinol", "Amigas Para Sempre", "Quando Você Voltar" e "O Caminho Para Casa" publicadas pela Editora Arqueiro.

Kristin
Sobre a autora:
Kristin Hannah é autora de 18 livros que já venderam mais de 8 milhões de exemplares no mundo. Ela largou a advocacia para se dedicar à sua grande paixão: escrever. Tem um filho e mora com o marido no noroeste dos Estados Unidos e no Havaí.





13 comentários:

  1. Oi! Eu já vi o livro mas nunca dei uma olhadinha nele para saber do que se tratava. Gostei bastante da premissa, mas não sei se gostaria de ver uma família se quebrando por causa de um homem, é meio deprimente, mesmo assim vou tentar ler.
    Beijo! http://leitoraencantada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Miriã
      A história é bem bacana, fala sobre a família, atitudes e o que elas acabam acarretando. Depois me conta o que achou da história ;)

      Excluir
  2. Kristin mais uma vez me tocou com sua história triste e profunda sobre as relações familiares, como sempre suas tramas me despertaram emoções de um extremo ao outro, de forma muito condizente ela escreveu uma ficção com muitos "ques" de realidade
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thalia
      Você disse tudo, esse drama familiar que a Kristin escreveu tem muitos "ques" mesmo de realidade.
      Leitura boa que deixa as nossas emoções a flor da pele

      Excluir
  3. Nunca li nada dessa autora, amei sua resenha, vou dar uma olhada no livro para ver se eu consigo lê-lo.

    Como a primeira capa em inglês é linda :O

    Beijos
    www.modaeeu.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi
      Lê sim, acho que você vai gostar ;)

      Excluir
  4. Esse e outro livro que está na minha lista de desejados, pelo fato de muitas pessoas me indicarem, e ler resenhas positivas sobre ele. Adoro livros nos quais tem família, ainda mais quando existe esse vínculo de amor entre irmãs. Essa deve ser uma leitura muito boa, pelo fato de possuir uma maior carga emocional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lana
      Eu também gosto quando fala sobre família, pois sempre tem aquela bagagem emocional bem legal

      Excluir
  5. Oi! Quanto tempo não passava por aqui!
    Li esse livro há pouco tempo. Ele tem mesmo uma grande carga emocional, mas só fui me envolver com a leitura mais do meio para o fim. Antes, a relação das irmãs não me convencia como sendo algo forte, sabe?!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla
      O começo é meio devagar, mas depois quando terminei a leitura e observei o livro como um todo, achei o conjunto da obra muito legal!

      Excluir
  6. Que lindo! Qro tanto ler esse livro!!
    Babando nesse enredo, é perfeito!!
    Li mtas resenhas sobre a obra, e cada vez mais qro ler!
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline
      Sei bem como é isso, as eu também fico super curiosa pra ler um livro depois que acabo de ler uma resenha.

      Excluir
  7. Oi Re, sua linda, tudo bem?
    Eu gosto tanto, mas tanto quando os autores retratam relações familiares em seus livros. Mesmo que você não encontre exatamente a sua família ali, mesmo assim, não tem como não se identificar com alguma coisa. E pelo o que me contou, essa autora é muito humana, ela toca fundo nossa alma. Nunca li nenhum livro dela, mas estou louca para ler todos. Adorei sua resenha!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir