Resenha – Ninfeias Negras, Michel Bussi

!Template para livro atualizado Título: Ninfeias Negras (Nymphéas Noirs)
Autor: Michel Bussi
Editora: Arqueiro
Sinopse: Giverny é uma cidadezinha mundialmente conhecida, que atrai multidões de turistas todos os anos. Afinal, Claude Monet, um dos maiores nomes do Impressionismo, a imortalizou em seus quadros, com seus jardins, a ponte japonesa e as ninfeias no laguinho. É nesse cenário que um respeitado médico é encontrado morto, e os investigadores encarregados do crime se veem enredados numa trama em que nada é o que parece à primeira vista. Como numa tela impressionista, as pinceladas da narrativa se confundem para, enfim, darem forma a uma história envolvente de morte e mistério em que cada personagem é um enigma à parte – principalmente as protagonistas. Três mulheres intensas, ligadas pelo mistério. Uma menina prodígio de 11 anos que sonha ser uma grande pintora. A professora da única escola local, que deseja uma paixão verdadeira e vida nova, mas está presa num casamento sem amor. E, no centro de tudo, uma senhora idosa que observa o mundo do alto de sua janela.

!Banner Resenha - Ninféias Negras

Ninfeias Negras é o segundo livro que leio do autor Michel Bussi, o primeiro foi o Voo do Libélula, que gostei muito e você pode conferir a resenha dele clicando aqui.

Já em Ninfeias Negras o autor nos guia calmamente por Giverny, a famosa cidade que Claude Monet imortalizou em seus quadros. Ele descreve toda a cidade, com seus lindos pontos turísticos, suas pequenas ruas, o famoso laguinho das ninfeias, a pequena e pacata população. Durante toda a história, três mulheres estão em foco: a senhora idosa do moinho, a linda, bela e jovem professora da cidade e uma menina de onze anos que sonha em ser pintora.
É nesse cenário idílico que uma tragédia acontece. Um assassinato, no lago das ninfeias, na suave e pequena Giverny onde juntos vamos descobrir quem é o assassino do famoso oftalmologista da cidade.

ponte ninfeiasUm policial especializado, Laurence Sérénac, chega a cidade e vai tentar de todas as formas resolver esse assassinato e em meio a depoimentos, pistas, provas e suspeitos, ele se encanta pela bela Stéphanie Dupain, a professora local e ela por ele. Nesse momento Stéphanie vislumbra uma nova vida, longe da mesmice de Giverny, porém Stéphanie é casada e tem um marido ciumento.
Fanette Morelle, a menina que sonha em ser pintora, continua fervorosamente com suas pinturas e almeja ganhar um concurso para que possa sair da cidade.
E a velha senhora do moinho? Será que ela ainda sonha em sair de Giverny? Quais segredos ela esconde em todos esses anos que viveu em Giverny? 

Ela recita baixinho aqueles versos que ensina todos os anos às crianças do vilarejo.
O crime de sonhar eu consinto que seja instaurado.
Se eu sonho, é com aquilo que me proíbem.
Vou me declarar culpado. Gosto de estar errado.
Aos olhos da razão o sonho é um bandido.

Stéphanie repete em silencio os quatro versos da estrofe, com o mesmo fervor de uma prece profana indecente"
(pág. 273)

A história voa em suaves pinceladas de lirismos, nos levando por toda Giverny, a para dentro de cada uma dessas três importantes personagens. Em um dado momento estamos vendo a história através os olhos da senhora idosa do moinho, depois acompanhamos a jovem e bela professora, e em outro momento vivenciamos a vida da menina pintora.
A cada momento estamos dentro da cabeça de uma delas, acompanhando suas vidas, vendo seus problemas , suas indecisões e suas escolhas e assim a estória se entrelaça, fazendo com que queiramos saber cada vez mais sobre o que realmente está acontecendo. Quem será o assassino? Seria uma resposta simples?

Com certeza essa história é mais do que você pode imaginar, e o final é surpreendente e arrebatador. Super recomendo!

Vamos falar um pouco da parte técnica do livro? 
A capa possui aplicação de verniz (brilho) no título e na ninfeia. A diagramação é caprichada e bem cuidada. As páginas foram impressas em papel creme, o que suaviza a leitura e não cansa os olhos, com tipologia adequada o que facilita a leitura. O livro possui 352 páginas divididas em 85 capítulos. Parabéns para a editora Arqueiro pelo lindo trabalho.
 
Capas:
30966685._UY200_ nymphéas-noirs_pays-bas 9782266264112

Booktrailer:


page
Sobre o autor:
Michel Bussi já ganhou 15 prêmios literários e foi finalista de outras 9 premiações, tornando-se um dos mais prestigiados autores policiais franceses. Quando não escreve, atua como professor de geografia na Universidade de Rouen e como comentarista político.

12 comentários:

  1. Olá, tudo bem???
    Eu tive oportunidade de pegar este livro e a diagramação é exatamente como você descreveu... adorei! Estou bem curiosa para ler este livro, ainda mais depois de sua resenha... eu ainda não tinha noção do que esperar a história, mas lendo sua resenha encontrei um norte... gostei muito desse mistério... adoro desvendar as coisas... Adorei o seu blog e já estou seguindo. Xero!!

    minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha Rê. A sinopse do livro é bem atraente e se tiver a oportunidade, pretendo lê-lo. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bom?
    Cara, esse livro parece ser muito bom! A capa é maravilhosa e a premissa super instigante.

    Beijos,
    Paixão Literária

    ResponderExcluir
  4. Oi Renata!
    Linda resenha e só me deixou querendo ler esse livro e saber mais sobre o crime e quem é o assassino.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. eu nunca li nada do Michel Bussi, estou com Ninfeias aqui e curtindo bastante, mas ainda não finalizei.

    ResponderExcluir
  6. Oi Rê!

    Ainda não tive oportunidade de ler esse livro e também não conheço a escrito do autor. Mas Ninfeias Negras está na minha lista de desejados, ainda mais conhecendo sua opinião sobre ele. Fiquei bem curiosa com a história. Parabéns pela resenha.

    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Menina, não me canso de conferir resenhas desse livro, ele virou um dos meus preferidos mesmo sem eu nunca ter lido, kkk. Aliás, não vejo a hora de fazer a leitura dele, parece ótimo - como sua resenha <3

    ResponderExcluir
  8. Oi.

    Já tinha ouvi alguns comentários a respeito da obra e cada um me chamou a atenção para a obra. Já estou com muita vontade de ler o livro, mas vou ter que esperar mais um pouco para poder comprar e ler.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Já tinha visto algumas resenhas sobre esse livro, mas agora fiquei ainda mais interessada. O curioso é que eu acabava sempre julgando esse livro pela capa, e acabava deixando de lado. Mas, vejo que me enganei totalmente. Parece ser uma história maravilhosa! Dica anotada!

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Olá, já vi alguns comentários sobre a obra...parece ser uma ótima leitura. Vou anotar a dica!

    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Oi, esse gênero literário com certeza é um de meus favoritos.
    Gosto de histórias investigativas, cercadas de muito mistério.
    E se o final é surpreendente, melhor ainda! :)

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Assim que lançou esse livro fiquei mega curiosa para saber do que se tratava da história. Apesar de não ser um dos meus gêneros favoritos eu gostei bastante como a história foi abordada e pretendo ler esse livro. A capa é linda.
    Amei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir