Resenha – Livro – O Homem dos Olhos de Aço, de Anne Hampson

Anne Hampson - O homem dos olhos de aço (Hills Of Kalamata) - Julia 095Título: O Homem dos Olhos de Aço
Título original: Hills Of Kalamata
Autor: Anne Hampson
Editora: Abril Cultural
Páginas: 119
Adicione ao Skoob

Sinopse: Oh, como Sarah tinha sido im­prudente ao se envolver naquele plano maluco para ajudar sua me­lhor amiga! Como resultado, tinha sido seqüestrada por Charon Drakos e levada para a terra dele, uma região selvagem, encravada no meio da Grécia, onde famílias ini­migas torturavam-se e matavam-se, sem lei nem moral. Até quando Drakos a manteria prisioneira na­quele inferno? Sim, ela era corajo­sa e sentia se capaz de enfrentar tu­do... menos as emoções descontrola­das que começavam a brotar em seu peito. Estaria se apaixonando por seu próprio carcereiro, aquele selvagem de olhos frios que brilhavam como o aço?


Resenha:
Escolhi esse livro “O Homem dos Olhos de Aço”, da Anne Hampson, para fazer parte da minha Maratona de Banca do mês de Abril, com o tema “Mocinho Sequestra Mocinha”
Gosto muito dessa autora e esse livro é daqueles super antigos que hoje em dia só encontramos em sebos. Esse livro foi escrito em 1976, então provavelmente vamos encontrar um personagem machista, mas torci para que a mocinha não fosse sem iniciativa.
Comecei a leitura e em menos de duas horas já tinha lido o livro!
Nem acreditei que tinha esse livro aqui e ainda não tinha lido, gostei muito do enredo e vai entrar para os meus livros de banca antigo favoritos.

Grécia

Começamos a história conhecendo um pouco sobre Sarah que é amiga de Miranda e ambas dividem um apartamento. Miranda tem uma irmã chamada Pam que vem da Inglaterra passar as férias na Grécia e acaba conhecendo um lindo grego e resolve largar tudo por ele. Miranda e a mãe tentam de tudo para impedi-la, mas ela está decidida ir com o grego.
Miranda elabora um plano e pede a ajuda de Sarah para sequestrar o grego, ela acha que não será uma boa idéia fazer isso e tenta convence-la do contrário. Miranda se mantém firme com o plano de sequestrar o grego e salvar a irmã de um relacionamento que não vai dar certo, imaginando que quando a irmã souber que o grego simplesmente foi embora sem ao menos olhar para trás, Pam logo irá arrumar outro namorado.

Miranda arquiteta o plano: marcar um encontro no barco com grego dizendo que precisa contar algo muito importante sobre a irmã, dar uma bebida sonífera feita pela mãe dela e depois largá-lo em uma ilha grega deserta junto com tudo o que ele poderia precisar por um mês, comida, água, roupas e etc.

ilha deserta
Drakos vai ao encontro e logo percebe toda a armação, finge tomar a bebida e dormir, elas descem do barco e levam toda as coisas para a praia. Quando Sarah volta ao barco e Miranda ainda está na praia, Drakos se levanta, surpreende Sarah na cabine e a tranca lá dentro, liga o barco e deixa Miranda sozinha e isolada na pequena ilha desabitada. O que era para ser o sequestro de Drakos acaba sendo o sequestro de Sarah, Drakos a leva para a ilha onde ele mora chamada Deep Mani.
Assim que ele chega, sua avó que também mora na ilha, aparece para falar sobre uma ex-namorada dele e encontra Sarah.
A avó de Drakos descobre que Sarah é uma descendente dos Pavromichalis e exige que ela seja morta imediatamente, pois as vendettas ainda existem entre as duas famílias e em Deep Mani quem faz as leis são eles.
Drakos não sabia que Sarah era descendente dos Pavromichalis uma família antiga que morou em Deep Mani e que possuía uma rixa com a família dele. As família se odiavam e assassinaram uns aos outros durante um bom tempo, até que os Pavromichalis saíram da ilha.
Todo o ódio entre as famílias nasceu porque um Drakos pediu para casar com uma Pavromichalis e ela não aceitou o pedido, desencadeando assim toda a confusão entre as famílias.

Drakos mantém Sarah presa em sua casa na ilha e convence a avó que ele vai resolver o problema. Mas com o passar dos dias Drakos começa a admirar e respeitar Sarah pois ela é uma mulher firme, tem opinião própria, luta contra ele, o enfrenta de igual para igual e não o teme. Isso deixa Drakos encantado, mas ele oscila entre momentos em que é machista e autoritário e em outros suave e preocupado.
Sarah se sente atraída por Drakos, mas não se curva perante as suas ordens e isso faz com que os sentimentos de ambos fiquem confusos no meio de toda essa guerra de autoridade.
Sarah quer poder ir ao encontro dele por vontade própria e essa tem que ser uma escolha dela, mesmos que para isso ela tenha que ir embora para depois voltar e se ela voltar foi porque “ela quis voltar”.

A história é bem desenvolvida, os personagens possuem personalidades fortes, o enredo é bem interessante com toques de batalhas históricas chocantes entre as duas famílias com resultados para lá de estranhos.
Possui bastante diálogos e a leitura flui facilmente, sem passagens longas e desnecessárias, esse é daqueles livros que eu diria “essa história é redonda” onde os personagens evoluem e mudam.

Pimenta:
A história não é muito apimentada mais possui boas cenas entre o casal.

Momento loucura:

A avó dele é totalmente sem noção, vive praticamente em outra época e acha que ainda pode matar as pessoas sem que nada aconteça, como se estivesse ainda na época de guerra dos ancestrais dela.


Avaliação:
estrelas de avaliação 4

Essa resenha faz parte do meu desafio Maratona de Banca 2012
Abril – Tema Literário: Mocinho Sequestra Mocinha
maratonadebanca peq

34 comentários:

  1. Adorei seu resumo sobre o homem dos olhos de aço, parece uma historia bem emocionante, vou procurar baixa-lo para ler, se souber de algum site que eu possa baixar livros interessantes aceitaria com maior prazer =) parabens pelo blog >.<'

    ResponderExcluir
  2. Adoro romances de banca, infelizmente tem muito tempo que não leio, por conta dos livros de parceria!!
    Amei a história, esse Drakos hein? bem espertinho rs
    amei a resenha
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Esse livro parece bem interessante, pena que só tem em sebo, né? E olhe lá... Gostei!
    Estou aqui, retribuindo: seguindo o blog (lindo!) e curtindo a fan page!
    Bjos
    Mirian
    www.oavessodamoda.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa, delícia de resenha, amo romance de banca e estou em falta com minhas leituras de romance-menininhas.Adorei seu jeitinho de resenhar romance, ainda não tinha lido nada assim tão leve, deu vontade até de ver aqui meus arquivos de ebooks de romances ...rsrs

    Também quero pedir desculpas pelo meu sumiço, estou numa fase estranha e qd estou assim prefiro sumir que encher o saco dos outros com meus problemas, uso a internet pra me distrair e não pra fazer dos meus problemas um diário, entende amiga? Mas estou voltando e pretendo colocar em dia minhas visitas aqui no seu cantinho, no mais desculpas de novo .
    Mil beijos e obrigada pela compreensão .

    Vivi
    Razão e Resenhas

    http://vivianeblood.blogspot.com.br/2012/04/resenha-maldicao-do-lobisomem.html

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia esse livro da Anne Hampson, mais gostei do enredo, e do casal protagonista.
    Ótima resenha !!!
    *bye*

    ResponderExcluir
  6. Renata, adorei o resumo, parece ser uma história super emocionante!!! Bjokas

    ResponderExcluir
  7. Amei a sua resenha!! Ficou muito boa e bem escrita.
    Adooooro romances de banca!!
    Esses com mocinhos tipo machão e que depois vai ficando todo derretido pela mocinha, é o máximo!!

    Bjus
    carla

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pela sua resenha.
    Muito bem escrita e desenvolvida, a história para se bem legal

    Att

    ResponderExcluir
  9. Ameeeeei a sua resenha! Ficou demais o modo como vc nos contou um pouco de como vai ser a história! Perfeito!
    O livro parece ser maravilhoso e com um mocinho tudo de bom! Mocinho grego!! *-*

    Bjins

    ResponderExcluir
  10. Minha prima sempre tem um desses no carro, vou perguntar se ela não tem esse de sua resenha.
    Bjus
    Rafaelando

    ResponderExcluir
  11. Adoroooooooooooooooo os florzinhas, são ótimos! rs
    Ainda não conhecia esse, + vou pesquisar, a resenha ficou muito boa!

    bjss

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha! Olhe se passasse por esse livro, penso que poderia até esnobar ou ter aqueles sintomas de desprezo, mas você ao relatar me deixou esperançosa e vou comprar o livro.

    Beijos.

    lucianasantarita.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Muito bacana sua resenha. Me deixou super afim de ler este livro, que a propósito não conhecia.
    Beijos

    http://pollymomentos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. hahahahahahhaa drei a história da avó sem noção.
    Poxa vc podia ter colocado o final já que não vou encontrar esse livro em lugar nenhum e fiquei doida pra saber como eles vão ficar juntos com uma avó dessas. Imaginei ela indo beber a agua a noite e a velha com uma faca esperando ela na cozinha hahahaha
    bjos

    ResponderExcluir
  15. Hoje, dia 1º de maio é comemorado o dia do trabalhador, desejo a todos os trabalhadores, muita força, coragem e determinação para vencerem os obstáculos do dia-a-dia, que são cada vez mais difíceis e desafiadores.

    Cigana Raicha

    ResponderExcluir
  16. Oie!
    Nossa, morri de rir com a vó sem noção! xD
    Gosto de histórias desse tipo, e na Grécia então... *-*

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  17. Não conhecia este livro, mas pelo q vc diz é bem legal.
    Um bom feriado. bj
    by: Veve Pink
    Portal Pattys

    ResponderExcluir
  18. ótimo pano de fundo. A história aparenta ser excelente. Beijos
    http://meuspreciosospes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Que resenha perfeita, o livro parece ser bom, mas não curto muito esses tipos de livros. hihi

    Beijos; @Raah_Castroo
    www.vidaadegarotaa-vdg.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Sério, eu queria ler mais livros de banca, mas cadê que eu tenho tempo de ler todos os livros que eu quero? Fazer o que. :/

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  21. oie
    otima resenha
    adorei seu blog, muito lindo!
    curti no face
    estou te seguindo, segue o meu tambem
    http://lostgirlygirl.blogspot.com.br/

    @lostgirlygirl

    bjos

    ResponderExcluir
  22. Oi gatona! regra louca essa ne? www.pinkwomanfashion.com

    ResponderExcluir
  23. A resenha está otima...
    Esse é parecido com uns da Sabrina?
    Lia muito esses livros... rsrs
    http://maosdemocas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. ameiii!
    beijinhos *-*

    http://priscilalirow.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. gostei muito da resenha, geralmente não leio nada do gênero. me atiçou kkk
    beijos

    Amy - Macchiato

    ResponderExcluir
  26. Pelo visto essa vó deve ser uma comédia. Adoro personagens assim em romance de banca, os que eu ando lendo ultimamente estão sendo bem repetitivos, infelizmente.
    E adorei essa resenha, a Maratona mal começou e já vi várias dicas boas

    Bjao
    www.livrosecitacoes.com

    ResponderExcluir
  27. sabe que estou viciada em ler/ Estou lendo dois livros e já tem 2 na fila, e a cada resenha que venho ler anoto mais um nome na minha listinha, bom demais né!
    bjks

    ResponderExcluir
  28. Adorei o enredo, parece daqueles livros que te prendem até terminar a história!! Acho muito bacana! Com certeza assim que encontra-lo vou lembrar de lê-lo! Adoro livros, tenho que ler pelo menos um por semana, senão me sinto meio inútil, TOC meu hauhaauhuaa

    Beijos!

    http://maniadeguria.com

    ResponderExcluir
  29. Sou apaixonada por romances de banca e essa história parece ser legal demais!!
    Perfeita a sua resenha *-*

    Bjus

    ResponderExcluir
  30. Amei o enredo desse livro, vou procurar pra ler!
    Sua resenha ficou fastástica!
    Beijinhos
    Carla

    ResponderExcluir
  31. Essa resenha ficou até parecendo roteiro de filme, bem legal, e as imagens, como sempre, muito caprichadas

    ResponderExcluir
  32. Nosa, que idéia maravilhosa a sua: maratona de banca!!! super criativa, super apoiado...
    Adorei a história!!!

    Beijos
    Chrys
    http://todaaliteraturadomundo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  33. Quando vi sua postagem me lembrou os meus tempos de menina, que via sempre a minha mãe lendo esses livros antes de dormir.
    Adoro tudo por aqui.

    Um grande beijo.

    http://flordelis-artes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  34. Olá, Renata!

    Eu ainda não li esse livro, mas já li outros livros da Anne Hampson. Gosto muito da autora, mas existem vezes nas quais ela exagera.rsrs... Existem mocinhos dela que são muito mais do que machistas.

    Mas fiquei interessada nesse livro e pretendo lê-lo um dia.

    Bjs!

    ResponderExcluir